Nós voamos

Eis por que Jesus é tão superior a Moisés.

Os anos de nossa vida chegam a setenta, ou a oitenta para os que têm mais vigor; entretanto, são anos difíceis e cheios de sofrimento, pois a vida passa depressa, e nós voamos! Salmo 90.10

O título deste salmo atribui a Moisés a autoria: “Oração de Moisés, homem de Deus”, o único salmo dele no livro todo. Embora ele tenha chegado aos 120 anos de idade, a maior parte da vida dele foi de adversidade.

Jesus viveu 30 e poucos anos. Ele veio à terra a fim de morrer pelo pecado do homem. Seus anos eram poucos, mas ele viveu com grande propósito, com a alegria da presença do Pai, na plenitude e no poder do Espírito.

Jesus tinha—e nos oferece—mais do que uma vida que passa depressa. Ele voltou a viver. Foi ressuscitado dos mortos. Vive hoje “à direita de Deus”, de onde “também intercede por nós”, Romanos 8.34. Ele continua vivendo uma vida de grande propósito e significado. E é esta a vida que nos oferece.

Nosso tempo na terra é curta. Nós voamos. Não permanecemos aqui por muito tempo. Cada ano que se vive passa mais rápido ainda. Os anos são cheios de dificuldades. Quem vive por Cristo também sofre a perseguição.

Mas a vida em Cristo é abençoada, e eterna. A vida que passa depressa e que traz anos difíceis de sofrimento é superada, mesmo no presente, na vida de um homem que veio por pouco tempo e sofreu mais do que qualquer um. Nele, vive a esperança da eternidade sem sofrimento nenhum.

Pai, quero a vida de Jesus! Quero voar para seu lado.

Deixe uma resposta