Quando olharem para os céus

Deuteronômio 4.19: Olhemos além do céu.

olhar-ceu

O que é visível chama a nossa atenção. Desde cedo, o homem trocou o Deus invisível pelas coisas criadas, especialmente os luminares no céu. Esta troca continua hoje, até em coisas como o horóscopo, que admite que a vida é controlada pelos astros.

E quando olharem para os céus e virem o sol, a lua, as estrelas e todos os corpos celestes, não sejam seduzidos a inclinar-se e adorar o que o Senhor, o seu Deus, repartiu a todos os povos que vivem debaixo do céu.
Deuteronômio 4.19 NBV

O nosso olhar deve ir além dos céus, para o Criador dos corpos celestes. Estes são bênçãos que Deus deu para o bem de todos. Vivemos debaixo do céu, mas nossa adoração deve ultrapassá-lo para enxergar aquele que é invisível mas sempre evidente aos que o buscam.

Deixe uma resposta