Os improváveis

Ele fez da rocha um açude, do rochedo uma fonte.
Salmo 114.8

No deserto, Deus fez água jorrar de uma pedra. Da vara de Moisés, um simples pedaço de pau apanhado no deserto para trabalhar com os rebanhos, emanou as pragas no Egito e a divisão das águas do Mar Vermelho. A queixada de um jumento virou instrumento de vingança divina na mão do juiz Sansão, com a qual matou 1.000 filisteus.

Cada objeto provou ser um meio improvável do poder de Deus,  mas o Senhor escolheu a rocha, a vara e a queixada para demonstrar sua soberania.

Eu e você também somos pessoas improváveis para os canais do poder de Deus. Ele, porém, se apraz em nos tornar pontos da sua graça no mundo.

Deus nos convida a integrar-nos ao grupo dos Improváveis. Aceita?

Deus supremo, obrigado por me usar para sua glória. Que eu seja instrumento, por mais improvável que seja, de paz e de poder nesse mundo, para que as pessoas possam beber a água da vida, que é Cristo Jesus. Amém.

Deixe uma resposta