O que ouviram desde o princípio

1 João 2.24: A mensagem original devem permanecer em nós, para nossa comunhão com Deus.

Quanto a vocês, cuidem para que aquilo que ouviram desde o princípio permaneça em vocês. Se o que ouviram desde o princípio permanecer em vocês, vocês também permanecerão no Filho e no Pai. 1 João 2.24

O apóstolo João avisa contra falsos mestres que negam Jesus. Segue o alerta com este imperativo e promessa. Os cristãos conhecem a verdade e devem permanecer nela. Nesta fidelidade ao evangelho original é a promessa da vida eterna, v. 25.

Muitos hoje deixaram a mensagem original para seguir um ensinamento falso. Mas os cristãos fiéis fazem permanecer neles a mensagem de Cristo que receberam no início da sua conversão. Também, chamam os de fora a voltar ao ensinamento original. Este chamado que fazemos é o que chamamos do apelo da restauração.

Para tudo isso, é necessário exercer grandes cuidados. Devemos fazer o esforço para que este ensinamento permaneça em nós. As influências estranhas são muitas. O Maligno deseja nos desviar. É falso o ensinamento que mantém a impossibilidade de perder a salvação (o calvinismo). O verso acima deixa claro a possibilidade de não permanecer no Filho e no Pai. Existe a condição da permanência.

Muitas vezes fala-se em termos de nós permanecermos na sã doutrina. Aqui, João lança mão de outra perspectiva, a de a mensagem permanecer em nós. É semelhante à ideia da habitação do Espírito Santo (ver Romanos 8.9; 1 Coríntios 3.16; 6.19; 2 Timóteo 1.14; Tiago 4.5). O evangelho é uma mensagem a ser vivida. É preciso que a Boa Nova nos infunda a alma. Em nosso interior, a sua presença nos conduz à comunhão com o Filho e, por meio dele, com o Pai.

Deixe uma resposta