Tome sobre si a responsabilidade de começar

Deuteronômio 1.5: Vamos fazer como Moisés, decidir a começar a fazer a vontade de Deus neste momento.

A leste do Jordão, na terra de Moabe, Moisés tomou sobre si a responsabilidade de expor esta lei:. Deuteronômio 1.5

Com suas últimas palavras, Moisés estava ansioso para lembrar o povo do que Deus tinha feito por eles e para exortá-los a obedecer a sua lei. Então ele resolveu declarar-lhes a lei de Deus. Continue lendo “Tome sobre si a responsabilidade de começar”

Vão desfalecer no caminho

Marcos 8.3: Jesus nos oferece o que precisamos para chegar em casa.

Se eu os mandar para casa com fome, vão desfalecer no caminho, porque alguns deles vieram de longe. Marcos 8.3

Fiz a minha primeira viagem internacional em 1976. Ao longo dos anos, reparei que o viajante acaba se esquencendo de algo que precisa durante o período que fica fora de casa, ainda mais quando tem uma família inteira. Ainda bem que, na maioria dos destinos, há lojas, farmácias e supermercados que podem suprir as necessidades. Continue lendo “Vão desfalecer no caminho”

Que ninguém pereça

2 Pedro 3.9: A razão por que Deus ainda não destruiu o mundo.

O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Ao contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento.
2 Pedro 3.9

Alguns questionam por que Deus ainda permite que o mundo continua existindo. A humanidade vai de mal a pior. Cresce a impiedade. Multiplicam-se as injustiças entre as pessoas. Continue lendo “Que ninguém pereça”

A quem tiver mais, mais lhe será dado

Marcos 4.24-25: Aproveite a oportunidade; ouça bem; aja agora.

“Considerem atentamente o que vocês estão ouvindo”, continuou ele. “Com a medida com que medirem, vocês serão medidos; e ainda mais lhes acrescentarão. A quem tiver, mais lhe será dado; de quem não tiver, até o que tem lhe será tirado”. Marcos 4.24-25

Jesus ensinava muitas coisas por meio de parábolas. Muitos queriam entender mais, mas poucos procuravam aprofundar-se. O Senhor quer que as pessoas busquem o entendimento. Mas ele sabe que elas têm de trabalhar bem para segui-lo. A dádiva tem de ser recebida e aplicada. Continue lendo “A quem tiver mais, mais lhe será dado”

Durmo bem, acordo disposto

Salmo 3.5: Deus cuida dos nossos problemas, nós ficamos em paz.

Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque é o Senhor que me sustém.
Salmo 3.5

Caio facilmente no sono. Desde criança, fui ensinado a orar antes de dormir e colocar minhas preocupações nas mãos de Deus. Mas a vida adulta traz novos desafios para a fé. A simplicidade infantil fica mais difícil de manter. Continue lendo “Durmo bem, acordo disposto”

Uma saudação forte: graça, misericórdia e paz

2 João 3: Três grupos de palavras fortalecem a carta de João

A graça, a misericórdia e a paz da parte de Deus Pai e de Jesus Cristo, seu Filho, estarão conosco em verdade e em amor.
2 João 3

Geralmente, as saudações das cartas no Novo Testamento desejam algo para os leitores no presente. O verbo da saudação desta carta olha para o futuro: estarão, tornando-se, ao invés de uma oração, uma promessa. Continue lendo “Uma saudação forte: graça, misericórdia e paz”

Jesus interpreta

Lucas 24.44-45: A Bíblia é sua própria interpretação da história.

E disse-lhes: “Foi isso que eu lhes falei enquanto ainda estava com vocês: Era necessário que se cumprisse tudo o que a meu respeito está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos”.
Então lhes abriu o entendimento, para que pudessem compreender as Escrituras. Lucas 24.44-45

Desenvolveu-se toda uma ciência para interpretar as Escrituras. É bom que tenhamos ferramentas para entender melhor a Bíblia. Nunca devemos nos esquecer, porém, que a própria palavra de Deus já é uma interpretação divina e sagrada dos eventos dentro da história. Na sua sabedoria infinita, Deus não nos deu um livro de teologia, filosofia ou sociologia. Deus não escreveu um volume de princípios abstratos. Ele nos conta a sua história. Continue lendo “Jesus interpreta”

De onde consegue tudo isso?

Marcos 6.2: Fora da categoria religiosa, o ensino de Jesus impressionava.

No sábado [Jesus] começou a ensinar na sinagoga. Muitos que o estavam escutando ficaram admirados e perguntaram:
— De onde é que este homem consegue tudo isso? De onde vem a sabedoria dele? Como é que faz esses milagres? Marcos 6.2 NTLH

Jesus não se encaixou nas categorias religiosas da sua época. Ainda mais, seus milagres confirmaram a veracidade do seu ensino. Este fez grande impacto pela simplicidade e pela força da verdade. Fora os grandes centros e longe das estruturas religiosas que controlavam o povo, Jesus deixou as pessoas perplexas e admiradas. E provocava grandes conflitos e diferenças de opinião entre o povo. Continue lendo “De onde consegue tudo isso?”

A natureza do caminho de Cristo

João 14.6: As palavras de Jesus fazem parte duma conversa.

Disse-lhe Tomé: “Senhor, não sabemos para onde vais; como então podemos saber o caminho?” Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. Se vocês realmente me conhecessem, conheceriam também o meu Pai. Já agora vocês o conhecem e o têm visto. João 14.5-7

Esta famosa declaração de Jesus faz parte duma conversa com seus discípulos. Atenção ao contexto da declaração ilumina muito o seu significado. Continue lendo “A natureza do caminho de Cristo”

O caminho que só parece certo

Provérbios 14.12: O homem não consegue enxergar.

Há caminho que parece certo ao homem, mas no final conduz à morte.
Provérbios 14.12

A subjetividade humana mata. Sem uma medida objetiva das atitudes e condutas da vida, o ser humano acaba se dando mal. Sua capacidade de justificar suas atitudes, de ignorar as consequências do pecado e de olhar apenas às vantagens momentâneas parece ser infinita. Continue lendo “O caminho que só parece certo”