Para corrigi-los

Depois de palavras severas, as suaves.

AdmoestaçãoO pai que ama corrige seus filhos, não para serem bons cidadãos apenas, mas para evitarem muitas dores na vida e terem possibilidades maiores de serem adultos maduros, produtivos e felizes. Paulo escreve com motivo maior ainda: para que os coríntios não sejam destruídos eternamente pelas suas próprias atitudes.

Não escrevo essas coisas para envergonhar vocês, mas para corrigi-los, como meus filhos queridos.
1 Coríntios 4.14 BND

Ele corrige por amor a eles, pois foi ele quem primeiro pregou o evangelho em Corinto. Declara isso a eles, no final da primeira parte principal da sua carta (capítulos 1-4), na qual insiste na unidade entre eles.

Lembro-me intervindo às vezes quando meus dois filhos brigavam. Admoestava-os lembrando eles que eram irmãos e que deviam ser os melhores amigos. Mais ou menos assim é que Paulo faz aqui.

Pois o alvo é para que eles sejam imitadores dele (verso 16), como ele é imitador de Cristo (1 Coríntios 11.1).

1 pensamento em “Para corrigi-los”

Deixe uma resposta