Para o mesmo fim

“Com toda a oração e súplica, façam orações em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos.”
Efésios 6.18 BND

Quatro vezes Paulo usa neste versículo uma forma do adjetivo “todo”. Seu assunto é a oração. Ele quer ressaltar sua importância como meio de o cristão manter-se fiel face aos ataques do Maligno.

Uma pequena frase às vezes nem traduzida em algumas versões, mas essencial ao pensamento do apóstolo aqui é essa: “para o mesmo fim”. A frase na versão acima traduz duas palavras da língua grega: ein auto, ou “para isso”.

A NVI a traduz assim: “tendo isso em mente”. Uma outra versão extrai da frase este significado: “com forte propósito”. Embora esta última tradução seja um pouco de comentário, a idéia é essa.

Se não estabelecermos um forte propósito, para a nossa sobrevivência espiritual, e a dos nossos irmãos, a oração será apenas uma formalidade fria.

Mas quando enxergarmos que cada dia é uma luta para vencer ao Maligno, segurar os salvos nas mãos do Senhor e conquistar corações para o reino de Deus, não haverá horas suficientes no dia para “toda a oração e súplica”.

Deixe uma resposta