Para os puros

Para os puros, todas as coisas são puras; mas para os impuros e descrentes, nada é puro. De fato, tanto a mente como a consciência deles estão corrompidas.
Tito 1.15

Com base na primeira frase, tem gente que já justificou todo tipo de pecado. Tanto a sua impureza, que crêem que tudo seja puro, quando, na verdade, nada têm além de corrupção.

Aqui Paulo se refere aos que criam mandamentos para restringir a liberdade cristã e que rejeitam a verdade (verso 14). Tais acham que há tanta impureza e maldade que tudo tem que ser regulamentado.

Por isso há leis humanas sobre televisão, vestimenta, alimentação, finanças e ofertas, para começar.

Quem faz tais leis onde o Senhor não legislou mostra sua impureza e mente corrupta.

Os puros dependem da purificação de Cristo e vivem pelos mandamentos de Deus.

Deixe uma resposta