Pare de criticar (Mt 7.1-6)

Texto: Mateus 7.1-6

Memorize: “Não julguem os outros para vocês não serem julgados por Deus. Porque Deus julgará vocês do mesmo modo que vocês julgarem os outros e usará com vocês a mesma medida que vocês usarem para medir os outros”. Mateus 7.1-2 NTLH

A respeito do pregador do evangelho T.W. Brents, foi dito: “Para com o erro ele foi absolutamente sem misericórdia, mas não era assim para com as pessoas; um homem de caridade para com a fraqueza e fragilidade humana, mas ai daquele que ficou na sua frente para lutar por uma posição anti-bíblica!”

Jesus não quer que sacrifiquemos a verdade, mas nos alerta contra a atitude que condena os outros, o dedo sempre pronto para apontar a falha alheia. Williams traduz a primeira parte do verso 1 assim: “Parem de criticar os outros”.

“Se você insiste em condenar os outros, você se exclui do perdão de Deus” (R.H. Mounce, Mateus, Novo comentário bíblico contemporâneo: 73).

Vocábulo: Medida (gr., metron). “Uma das formas mais comuns da injustiça nos tempos bíblicos foi o uso de medidas injustas” (ISBE2).

Oremos: Senhor, dá-me aquele espírito doce e paciente para com outros, que tinha Jesus. Antes de criticar os outros, que me lembre das próprias faltas e que seja eu grato pelo perdão em Cristo. Amém.

Pergunta da prática: Quando é que tenho tendência de julgar os outros mais severamente? Como posso evitar esses momentos?

Deixe uma resposta