Pare de duvidar

João 20.27: Precisamos ver as evidências que Jesus nos mostra.

E Jesus disse a Tomé: “Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia”. João 20.27

Jesus oferece toda a evidência necessária para resolver as nossas dúvidas. A Tomé ele mostrou suas mãos, com as marcas dos pregos, e seu lado, que tinha sido perfurado com a lança do soldado enquanto ele pendurava, morto, na cruz.

Jesus não quer que continuemos com a nossa dúvida. Esta destroi a fé, se não for resolvida. Às vezes, ela serve de desculpa para não fazer a vontade de Deus. Ou ela é usada como capa para fazer o mal.

A dúvida não pode permanecer sem fazer-nos mal. E Jesus sabe que nós hoje precisamos parar de duvidar. Precisamos crer. Ele disse: “Felizes os que não viram e creram” João 20.29. Da mesma forma que Jesus orou por nós hoje, João 17, ele oferece evidências da sua ressurreição também, para que possamos crer nele, 1 Coríntios 15.1-8.

A questão não é se existe evidência ou não, mas se vamos admitir a firmeza dela, para crermos em Jesus. As Escrituras nos apresentam as evidências de Jesus e quem as considera imparcialmente porá fim às dúvidas. Por elas prova-se que Jesus é o Cristo ressurreto, Atos 18.28.

Parar de duvidar significa que temos de tomar atitude, a de crer, de confiar no Senhor, de entregar-lhe a nossa vida, de segui-lo. E de confessá-lo, como fez Tomé: “Senhor meu e Deus meu!” João 20.28.

Pai, cremos em Jesus, pois as evidências são conclusivas.

1 pensamento em “Pare de duvidar”

  1. É verdade, a dúvida cria situação onde nossa convicção é abalada pelas muitas situações difíceis que passamos aqui na terra.

Deixe uma resposta