Paz

Arco, espada e guerra,
eu os abolirei da terra,
para que todos possam viver em paz.
Oséias 2.18b

O desejo de todos, viver em paz. Mas por mais que se tem esforçado, a paz continua uma esperança distante e um projeto frustrado.

À primeira vista, essas palavras do Senhor parecem idealistas e inatingíveis. Se nos milênios desde a época de Oséias não chegou à humanidade a paz, que expectativa ainda podemos ter?

1. A paz é ato divino e não produto de esforço humano. O Senhor trará a paz.

2. A promessa é feita ao povo de Deus no processo da restauração após o castigo pelos seus pecados. “Terra” significa Israel.

3. Embora a passagem seja poética (veja a primeira parte do versículo), Israel desfrutava de um período de paz depois da sua volta do exílio.

4. A promessa aponta a paz que o Israel de hoje, a igreja, tem em Cristo.

A paz não é apenas possível hoje, mas está presente. Nunca devemos procurá-la no mundo, mas sim em Jesus.

Um pensamento em “Paz”

Deixe uma resposta