Como permanecer em Cristo

João 15.5: O seguimento de Jesus se adequa a toda circunstância.

Os relacionamentos humanos, muitas vezes, são complicados. Mas o relacionamento com Jesus é simples e feraz.

Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dará muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma.
João 15.5 NVI

Por meio da figura da videira, Jesus expressa a íntima relação que os seus seguidores têm com ele e a sua total dependência para produzir o bem espiritual.

Separados dele, não possuem capacidade nenhuma de fazer algo do bem com efeito eterno.

A relação com Jesus se apoia em quatro pés:

  1. O conhecimento das Escrituras Sagradas
  2. A dedicação à oração perseverante
  3. A participação na vida da congregação
  4. O prosseguimento da missão de Cristo

Todos estes são componentes essenciais para nos relacionar com Jesus a fim de darmos muito fruto. Por meio destes, identificamo-nos com ele e respondemos ao chamado de Deus. A falta de qualquer um resulta em rompimento com ele.

O que se destaca é a simplicidade desta relação. Não há intermédios nem hierarquias nem burocracias para serem manobrados. Tratamos diretamente com Jesus e, por meio dele, com o Pai.

Em todo momento e em qualquer lugar, podemos nos relacionar com ele e nos apoiar nestes pés. O seguimento de Jesus se adequa a toda circunstância.

Que a simplicidade e a intimidade desta relação sejam motivos para a busca constante da nossa permanência em Jesus.

Um pensamento em “Como permanecer em Cristo”

  1. Meu amigo,
    Obrigado por nos fazer lembrar que Jesus nos chamou para sermos um com Ele como Ele é com o Pai. E em nos, o mundo possa crer que Jesus é o único caminho desta vida.
    Mais uma vez, obrigado pelos “pés” acima.

Deixe uma resposta