Porque somos muitos

Então Jesus lhe perguntou: “Qual é o seu nome?”
“Meu nome é Legião”, respondeu ele, “porque somos muitos”.
Marcos 5.9 NVI

Pouco se sabe sobre a possessão demoníaca. Não aparece no Antigo Testamento. Surge no ministério de Jesus sem explicação de origem ou de característica, além de casos específicos. Depois de Jesus, há uns poucos casos e os demônios desaparecem por completo nas cartas escritas por último.

Parece que o diabo foi permitido, durante a vida de Jesus, jogar tudo o que tinha contra o Filho de Deus. Mas mesmo no caso mais extremo, o do homem incontrolável, possesso por muitos, só se vê submissão e medo da parte dos demônios. Gritam apavorados a Jesus, obedecem logo que ele dá ordem.

A derrota de Satanás foi, e é, total. Ele joga contra nós o máximo que lhe é permitido. (Talvez hoje seja limitado, ou acorrentado, Apocalipse 20.2-3.) Mas o cristão pode, a qualquer momento, botar ele para correr, enfrentando-o pela sua submissão a Deus (Tiago 4.7).

Pai, mesmo que os demônios não nos assolem hoje, queremos que Jesus continue vencendo o diabo em nossa vida, sem cairmos em tentação, sem nos deixar levar pelos interesses e paixões, obedecendo sempre a ele. Amém.

Deixe uma resposta