Procurou, encontrou

Mateus 13.44-46: Alto preço, tudo o que se tem.

O Reino dos céus é como um tesouro escondido num campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o de novo e, então, cheio de alegria, foi, vendeu tudo o que tinha e comprou aquele campo. O Reino dos céus também é como um negociante que procura pérolas preciosas. Encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo o que tinha e a comprou. —Mateus 13.44-46

Estas duas pequenas parábolas têm em comum uma frase que serve como o ponto de comparação principal: “vendeu tudo o que tinha e (…) comprou”.

Muitos estão buscando algo de grande valor que não exige pagar preço tão alto. Muitos querem o reino de Deus, mas não entram porque não querem fazer o sacrifício de dar tudo por ele. Para ser discípulo de Jesus, temos de abandonar tudo o que temos e somos.

Fala-se muito uma idiotice hoje, que o que importa é a jornada e não o destino. Da mesma forma, alguns valorizam a busca acima da descoberta. A busca é apenas meio de chegar até o tesouro. Não existe alegria comparável àquela de encontrar o que se procurava.

O reino de Deus não somente vale tudo, mas exige tudo. Pois o reino é o próprio Deus como Soberano que redime a vida perdida, recria a sua imagem no ser humano, guia-o em todas as coisas e supre todas as necessidades da vida com todas as bênçãos em Cristo Jesus.

Deixe uma resposta