Quem conquista seu coração?

2 Samuel 15.6: Qual o amigo que você prefere?

O que você prefere: alguém que lhe fala a verdade ou alguém que fala o que você quer ouvir? O primeiro provavelmente tem o seu bem como objetivo. O segundo tem uma agenda e usará você como peça para avançar seus propósitos escusos.

Absalão fazia isso com todos os israelitas que iam pedir ao rei Davi que fizesse justiça, e assim ele conquistava o coração do povo de Israel.
2 Samuel 15.6 NTLH

Absalão falava o que o povo queria ouvir e exagerava nos cumprimentos, bajulando e ganhando o apoio popular. Depois de quatro anos, proclamou-se rei e fez com que o seu pai, o rei Davi, fugisse de Jerusalém.

Cuidado com aquele que sempre toma seu lado. Ele não é amigo, mas sim traidor do reino de Deus.

Abra meus olhos, Pai celestial, para que eu não seja levado ao erro pelo engano das pessoas.

Segure essa ideia: Melhor o amigo que fala verdade, / Que o apoio da falsa sinceridade.

1 pensamento em “Quem conquista seu coração?”

  1. A respeito de pessoas assim, Davi escreveu em no salmo 12: “Socorro, SENHOR! Porque já não há homens piedosos; desaparecem os fiéis entre os filhos dos homens. Falam com falsidade uns aos outros, falam com lábios bajuladores e coração fingido. Corte o SENHOR todos os lábios bajuladores, a língua que fala soberbamente, pois dizem: Com a língua prevaleceremos, os lábios são nossos; quem é senhor sobre nós?” (1-4). Bem mais tarde, o apóstolo Paulo afirmou: “a nossa exortação não procede de engano, nem de impureza, nem se baseia em dolo; pelo contrário, visto que fomos aprovados por Deus, a ponto de nos confiar ele o evangelho, assim falamos, não para que agrademos a homens, e sim a Deus, que prova o nosso coração. A verdade é que nunca usamos de linguagem de bajulação, como sabeis, nem de intuitos gananciosos. Deus disto é testemunha. Também jamais andamos buscando glória de homens, nem de vós, nem de outros” (1 Ts 2:3-6). Davi enfrentou opositores, assim como o apóstolo Paulo também enfrentou, e não será diferente para aqueles que querem agradar somente a Deus. Estes farão muitos inimigos (declarados e ocultos), mas o que importa é estar dentro da vontade de Deus. O apóstolo também salientou: “Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo (Gl 1:10). Os bajuladores querem sempre agradar aos homens para conseguir mais adeptos, porém os que são verdadeiramente de Deus sempre procurarão agradá-lo, mesmo que com isso façam mais e mais opositores.

Deixe uma resposta