Só se ele quiser

No contexto, o convite de Jesus de vir até ele é mais rigoroso do que se pensa.

conhecer DeusJesus fez declarações chocantes. Vez após outra ele afirma seu papel especial no projeto divino. Ele é a pessoa chave para conhecer Deus.

Tudo me foi entregue por meu Pai; e ninguém conhece o Filho senão o Pai, como ninguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
Mateus 11.27 BSC

Esta declaração de Jesus precede o famoso convite de Mateus 11.28-30, o de vir a Jesus. Sugere que o conhecimento do Pai, o qual implica na sua presença e sua bênção, somente vem àquele que está disposto a entregar ao Senhor os pesos desta vida para receber o seu jugo.

O convite está aberto a todos, mas o alívio e o conhecimento do Pai estão pre-determinados. Ou seja, são condicionados à nossa receptividade de deixar o nosso fardo para assumir a direção (senhorio) de Cristo.

Por que será que cortamos este verso quando citamos o convite a seguir? Seria para separar a demanda da promessa, a restrição do convite?

 

 

1 pensamento em “Só se ele quiser”

  1. Não há outro modo pelo qual importa que sejamos salvos! Negar o nosso eu, deixar o nosso fardo para nos submeter ao único Senhor é a decisão a ser tomada diariamente para nos tornar conhecido do Pai por intermédio do Filho. No último dia! – Quando o Mestre Jesus se manifestar!

Deixe uma resposta