Quem é de Deus venceu

I João 4.4: O óbvio deixa de ser óbvio quando escutamos a vozes ou mal informadas ou mal intencionadas.

O óbvio deixa de ser óbvio quando escutamos a vozes ou mal informadas ou mal intencionadas. Foram as últimas que estavam berrando no primeiro século quando João escreveu sua primeira carta, deixando confusos os verdadeiros filhos de Deus. Continue lendo “Quem é de Deus venceu”

Ação: Vencer

1 João 5.4: O que posso fazer hoje com a minha fé vitoriosa?

LER: “O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” 1Jo 5.4 NVI.

PENSAR: Pela fé Davi venceu Golias. O mundo (=tudo e todos contra Deus) parece grande, mas Deus é maior. Já sabemos o final. A vitória depende somente da nossa fidelidade. A fé tem conteúdo: Jesus como Filho de Deus, 1Jo 5.5. A vitória por meio de Cristo é motivo de gratidão e louvor, 1Co 15.57. Nele, somos mais que vencedores, Rm 8.37. Continue lendo “Ação: Vencer”

O local da vida eterna

1 João 5.11-12: Como entrar em Cristo para ter a vida eterna?

Estamos fazendo reforma em casa. Tem hora que fica difícil achar alguma coisa, pois tudo está fora do lugar. Onde está aquela calça, ou aquela camisa? Está neste ou naquele quarto!

Podemos ter certeza de que o Deus que não muda também não muda o local onde podemos encontrar a vida eterna. Esta vida está em Cristo. Continue lendo “O local da vida eterna”

Sabemos que pertencemos a Deus

1 João 5.19: Podemos saber e devemos escolher.

Não existe uma verdade absoluta e objetiva, afirmam de forma absoluta e objetiva os pós-modernistas. Dizem que não é possível ter certeza sobre nada. Muitas formas da filosofia política do anarquismo pregam o extremo individualismo, cada um dirigindo a sua vida conforme acha melhor.  Ninguém manda em ninguém, ninguém impõe nada em ninguém, ninguém é obrigado a fazer o bem a ninguém. A tônica de hoje é a rejeição da autoridade. Continue lendo “Sabemos que pertencemos a Deus”

Não é do Pai

Há um desconexo necessário entre os dois.

A ideia de ser politicamente correto é a de exigir que todos se enquadrem dentro da mesma perspectiva. Existe, porém, uma extrema incompatibilidade entre as coisas de Deus e as do mundo.

tudo o que há no mundo (…) não é do Pai.
1 João 2.16

Pensa-se que haja pontos em comum entre o povo de Deus e os de fora. Mas não se tem nada em comum.

Os cristãos que adotam os modos mundanos mostram sua falta de compreensão neste ponto.

E os dentro da igreja, além dos de fora, que participam das obras do mundo, Deus julgará, por não mostrarem a santidade.