Chegamos!

Salmo 122.1-2: Alegria é o mandamento de Deus.

O que faz a festa são as pessoas que estão presentes. Nas três festas judaicas realizadas a cada ano por todo Israel em Jerusalém, o que trouxe alegria aos peregrinos era chegar na presença de Deus.

Fiquei alegre quando me disseram: “Vamos à casa de Deus, o SENHOR”. E agora aqui estamos, dentro de Jerusalém.
Salmo 122.1-2 NTLH

Continue lendo “Chegamos!”

A pior das emoções

Salmo 65.3b: O perdão afasta o desespero.

O desespero talvez seja a pior das emoções, pois imobiliza a pessoa e impede que ela avance na vida. O pior dos desesperos é aquele que sente a tristeza pelos pecados, pois nada se pode fazer para removê-los ou cancelar seus efeitos.

Por isso, animadora é a frase do salmista:

As nossas faltas nos deixam derrotados, mas tu nos perdoas.
Salmos 65.3b NTLH

Em Cristo este perdão é definitivo. Não significa que não pode ser perdido, pois a infidelidade lança a pessoa de volta no pecado, mas a remissão de pecados é real, duradoura e transformadora.

Por isso, a marca do cristão é a alegria. Não o tipo superficial, mas a profunda satisfação que sabe que o desespero foi afastado para sempre.

Glória ao Senhor por nos ter redimido dos nossos pecados!

Delícias perpetuamente

Salmo 16.11: A diferença entre os prazeres carnais e os espirituais não podia ser maior.

O Carnaval chega na semana que vem, prometendo os prazeres da carne, e ocorrerá bastante isso entre pessoas que seguem seus desejos carnais. Depois, terminará. Algumas pessoas correrão atrás de mais prazeres fora desta celebração especial. Mas é uma busca interminável, uma frustração vitalícia, durante a qual aparecem alguns poucos momentos de prazer.

Tu me farás conhecer a vereda da vida. Na tua presença há plenitude de alegria. À tua mão direita há delícias perpetuamente.
Salmo 16.11

Não há contraste maior que existe do que com a vida em Deus.

Delícia está presente na manhã, durante o dia, quando chega a noite, pois tu, ó Deus, está sempre comigo.

Segure essa ideia: Deus traz a alegria em todos os momentos, em todo lugar.

Reações estranhas

Nesse caso, não é rir pra não chorar, não.

Já viu pessoas terem reações estranhas em situações em que se esperava outra atitude? O normal é chorar quando se perde um ente querido. Mas não os discípulos:

Eles o adoraram e voltaram para Jerusalém cheios de alegria.
Lucas 24.52 NTLH

Jesus tinha acabado de subir aos céus, deixando os discípulos na terra. Mas estavam cheios de alegria porque Jesus ressuscitara.

Perderam-no na terra, o que normalmente teria sido motivo de tristeza, mas a realidade da sua ressurreição e o mandamento que lhes dera—o de esperar em Jerusalém até receber poder do céu—significavam que ele estava vivo, fazendo planos e garantindo o futuro.

Nenhum fato triste consegue tirar a alegria da vida de Cristo e da vida em Cristo.

Pai, independente do que acontece hoje, estou alegre porque Jesus está vivo e eu com ele. Amém.

Até as fontes

Isaías prevê a abundância da salvação.

O medo mata a alegria. A confiança a alimenta. No final do primeiro bloco principal de Isaías (capítulos 1-12), o profeta descreve a salvação de Deus (“Deus é a minha salvação”, verso 2) por meio da figura de fontes d’água.

Cheios de alegria, todos irão até as fontes e beberão da água que os salvará.
Isaías 12.3 NTLH

Neste capítulo de apenas seis versículos, o hino de gratidão derrama os sentimentos do povo pela sua salvação.

O cristão lembra que Aquele que teve sede na cruz trouxe ao mundo as águas da vida.

Pai, não terei medo, mas confiarei na sua promessa, e me alegro na salvação que temos em Cristo. Amém.

 

Felicidade para sempre

A felicidade garantida na presença de Deus.

O ser humano hoje vive muito pelo momento, mas não consegue escapar o desejo de um futuro garantido e feliz. Quando não está na balada, pensa no dia de amanhã. Raramente, porém, pensa nesses termos:

A tua presença me enche de alegria e me traz felicidade para sempre.
Salmo 16.11b NTLH

Felicidade garantida está na presença de Deus. O homem tornou a religião coisa pesada e carrancuda. Mas igreja do Senhor concentra a alegria que Deus quer nos dar. Procure hoje obedecer a Deus para que ele o coloque no meio onde reina tudo o que o ser humano procura e deseja de melhor.

O que me anima

Arrependimento doi e dá alegria.

O que nos animaAlgumas coisas causam tristeza, em maior ou menor grau, como a aposentadoria do ônibus espacial Endeavor e, mais tarde neste ano, o fim da era destas naves. Outros momentos produzem grandes alegrias, sejam eles terrenos ou espirituais. Anima-nos muitíssimo a correção feita por pessoas desviadas do caminho de Cristo. Nem se compara a emoção animada de participar deste processo de trazer alguém de volta do mundo para a comunhão de Deus.

Tenho grande confiança em vocês, e de vocês tenho muito orgulho. Sinto-me bastante encorajado; minha alegria transborda em todas as tribulações.
2 Coríntios 6.4 NVI

Paulo escreveu e visitou aos coríntios, fez grandes esforços para que estes discípulos abandonassem o caminho do egoísmo e do orgulho, assim inovando na sua fé e deixando o modelo cristão. Também enviou Timóteo a eles para ajudar nesse processo. Seu filho na fé voltou com boas notícias do arrependimento da igreja. Paulo então fica encorajado com o resultado dos esforços pela fidelidade dos coríntios.

Tais alegrias não ocorrem por acaso, mas vêm por meio de grandes esforços. O bom é que estas perduram, enquanto as alegrias mundanas dissipam com o raiar do outro dia.

Completem minha alegria

LEITURA DE HOJE: FILIPENSES 2

… completem minha alegria, tendo o mesmo modo de pensar, o mesmo amor, um só espírito e uma só atitude. Filipenses 2.2 NVI

Alguns dizem que vão sentir-se realizados adquirindo algum objeto material ou conseguindo conquistar um avanço na educação ou nos negócios. Mas mesmo conseguindo, sentem, depois, apenas um vazio. Continue lendo “Completem minha alegria”

Grande alegria

Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações.
Tiago 1.2

Tiago começa já virando o mundo de ponta-cabeça. As filosofias e as idéias populares encaram as dificuldades e o sofrimento como sendo negativos, maus, desvantajosos. Continue lendo “Grande alegria”