Vocês o amam

1 Pedro 1.8-9: O amor a Cristo não é cego, mas não o enxergamos com os olhos.

Mesmo não o tendo visto, vocês o amam; e apesar de não o verem agora, creem nele e exultam com alegria indizível e gloriosa, pois vocês estão alcançando o alvo da sua fé, a salvação das suas almas. 1 Pedro 1.8-9

A distância tende a esfriar o amor e a amizade. Cristo não é distante, mas também não é visível. Mesmo assim, temos com ele relacionamento próximo. Ele habita no coração do seu seguidor. Sua presença poderosa em nós faz crescer cada vez mais o nosso amor por ele. Continue lendo “Vocês o amam”

O Espírito que Deus nos deu

2 Timóteo 1.7: O antídoto para o medo.

O Espírito Santo “habita em nós” que somos cristãos, 2 Timóteo 1.14. Ele começa a habitar no cristão após o seu batismo para remissão dos pecados, Atos 2.38, pois Deus o “concedeu aos que lhe obedecem” Atos 5.32. Continue lendo “O Espírito que Deus nos deu”

Creia que pode amar como Deus ama

Mateus 5.48: Que o amor abrangente do Pai seja também o nosso.

Andrew Murray orou assim: “Ensine-nos a crer que podemos amar, porque o Espírito Santo nos foi dado”.

Não acreditamos que podemos amar como Deus amou. Duvidamos que nosso amor pode ser como o amor de Cristo. Descartamos a possibilidade do cumprimento deste mandamento de Cristo: Continue lendo “Creia que pode amar como Deus ama”

Ação: Repreender

Lucas 17.3: A repreensão é ato de amor.

LER: “Tomem cuidado. Se o seu irmão pecar, repreenda-o e, se ele se arrepender, perdoe-lhe” Lc 17.3.

PENSAR: Não podemos recusar a perdoar ao irmão e esperar o perdão de Deus, Mt 6.12-15. O perdão é mais do que não levar em conta o erro do outro; busca sua restauração por meio do confronto amoroso. Quem ama repreende, pois deixar o outro continuar no pecado mostra falta de preocupação com seu destino eterno. Continue lendo “Ação: Repreender”

Levantarei as mãos para os mandamentos de Deus

Salmo 119.48: É hora de rejeitar a confusão evangélica.

Quando alguém diz que não devemos idolatrar a Bíblia, é necessário sorrir. É possível idolatrar o próprio Deus? Claro que não! Como seria possível então idolatrar a palavra de Deus? Continue lendo “Levantarei as mãos para os mandamentos de Deus”

Afirmação chocante

Não dá para suavizá-la.

Os comentaristas tentam suavizar a afirmação de Paulo. Explicam que Lucas e outros companheiros dele deviam ter saído em suas próprias missões—e pode ser que tivessem saído mesmo. Dizem que Paulo esteja fazendo comentário geral sobre o mundo. Mas a afirmação continua chocante.

pois todos buscam os seus próprios interesses e não os de Jesus Cristo.
Filipenses 2.21 NVI

Somente Timóteo tinha uma preocupação genuína com o bem-estar dos filipenses. Mais ninguém.

Se escrevesse hoje, mudaria Paulo esta sua afirmação?

Provável que não.

Quem será, então, entre nós o Timóteo de nosso dia?

 

Solidariedade em Cristo

O mundo compete; o cristão se compromete.

Amor cristãoQuando um amigo se alegra, a pessoa do mundo tem inveja do motivo da alegria. Quando há tristeza, a pessoa do mundo se afasta, pois não tem estrutura para suportar a dor. Em Cristo, porém,  há solidariedade.

Alegrem-se com os que se alegram e chorem com os que choram.
Romanos 12.15 NTLH

Para cumprir a ordem acima, é necessário entrar na experiência do outro, escutar sem oferecer comentário ou conselho, aceitar a pessoa na sua condição. Significa participar da sua vida, ao invés de competir ou distanciar-se. É estar presente, ser amigo ao invés de ser crítico.

Com outro irmão em Cristo, é possível tal intimidade, mas não com os de fora. Pode haver uma aproximação com estes, mas os alvos conflitantes impossibilitam a comunhão que a fé proporciona. O mundo tenta imitar, sem sucesso, o amor cristão, mas somente em Cristo, Deus que se tornou homem, é real esta solidariedade.