‘Pensaram que haviam obtido o que desejavam’

Atos 27.13: Enganam também as circunstâncias.

Não somente enganam as aparências como também as circunstâncias. Interpretamos momentos como sendo favoráveis aos nossos planos, para logo enfrentar a tempestade que tudo destrói. Continue lendo “‘Pensaram que haviam obtido o que desejavam’”

Ação: Dar

Atos 20.35: Aqui é satisfação maior, segundo o próprio Jesus.

LER: “Em tudo o que fiz, mostrei-lhes que mediante trabalho árduo devemos ajudar os fracos, lembrando as palavras do próprio Senhor Jesus, que disse: ‘Há maior felicidade em dar do que em receber’” At 20.35.

PENSAR: A oferta dominical é apenas reflexo de uma vida marcada pela generosidade e pela disposição de dar. É um dos verbos mais associados com Deus, Lc 11.13; Jo 3.16; Rm 8.32; Tg 1.5. E com seu povo, Pr 20.26; Mt 5.40, 42; Lc 6.38; Rm 12.20. Aqui é satisfação maior. Continue lendo “Ação: Dar”

Ação: Ser imerso

Atos 22.16: A decisão de levantar-me é minha.

LER: “E agora, que está esperando? Levante-se, seja imerso e lave os seus pecados, invocando o nome dele” Atos 22.16 BND.

PENSAR: Quem crê em Jesus, decidido a mudar a vida, não deve demorar. Sem imersão, não há perdão. Neste momento, a oração não resolve—somente a obediência. A decisão de levantar-me é minha. Continue lendo “Ação: Ser imerso”

Ação: Mudar-se

Atos 17.31: Deus ordena que todos se arrependam.

LER: “No passado Deus não levou em conta essa ignorância, mas agora ordena que todos, em todo lugar, se arrependam” Atos 17.30 NVI.

PENSAR: O arrependimento, uma ordem de Deus, é a decisão de se mudar. Abandonamos os ídolos (nossas preferências) para servir a Deus, 1Ts 1.9-10. Deus não permite mais a ignorância do passado. Continue lendo “Ação: Mudar-se”

Quando se deve parar de orar

Atos 22.16: Ananias interrompeu a oração de Saulo.

Quando Saulo chegou a Damasco, após ver o Senhor Jesus no caminho, ele começou a orar e jejuar. Permaneceu três dias assim. O Senhor enviou o discípulo Ananias para pregar-lhe o evangelho. O pregador falou assim ao perseguidor: Continue lendo “Quando se deve parar de orar”

Consciência limpa perante a ressurreição

Atos 24.15-16: O juízo motiva para a vida correta.

juizo

As motivações são muitas para a vida em Cristo. Uma forte motivação é o retorno de Cristo e o juízo final. Paulo indicou tal em seu sermão perante o governador Félix: Continue lendo “Consciência limpa perante a ressurreição”

A busca da sede de Deus

Atos 15.17: A busca é para todos.

Estive trabalhando recentemente para promover um grupo na Internet chamado: “Sede por Deus”. Todo cristão deve desejar cada vez mais a presença de Deus. Um termo que mostra a intensidade desse desejo é “buscar”.

para que o restante dos homens busque o Senhor, e todos os gentios sobre os quais tem sido invocado o meu nome, diz o Senhor, que faz estas coisas.
Atos 15.17 NVI

Neste verso, Tiago cita os escritos do profeta Amós, para comprovar que fazia parte do plano de Deus incluir os gentios no seu povo.

O termo grego por trás da palavra buscar neste verso é usado mais seis vezes no Novo Testamento, em Lucas 11.50 e 51, Romanos 3.11, Hebreus 11.6 e 12.17 e 1 Pedro 1.10.

O termo indica um “fazer esforço para descobrir ou aprender algo: buscar, procurar” (BGAD).  É uma forma intensiva do verbo que transmite a ideia de um “esforço concentrado” (EDBW), ao invés de pensar em Deus de vez em quando ou aparecer na igreja quando é conveniente.

Conforme o verso acima, esta busca é para todos, judeus e gentios, ricos e pobres, doutores e gente simples. É para todos porque Deus colocou a eternidade no coração de todos e fez com que por esta busca seja possível achá-lo.

Esta busca, e somente esta, que é recompensada, Hebreus 11.6.

Porque quem fará esta busca é somente aquele que tem grande sede de Deus.

Ver aqui para as abreviaturas.