Ganhou a causa junto ao governo

O governo tem seu trabalho, e o povo de Deus tem a obra de Deus. Assim, a igreja ganhará a causa.
Inscrição de Gálio
Inscrição menciona Gálio

Os judeus tentavam com Gálio o que seus irmãos fizeram com Pilatos alguns anos antes. Mas desta vez não tiveram sucesso.

Quando Paulo ia falar, Gálio disse aos judeus: –Judeus, se isso fosse alguma falta grave ou um grande crime, seria justo que eu tivesse paciência para escutá-los. Mas, como é só uma questão de palavras, de nomes e da própria lei de vocês, resolvam vocês mesmos. Eu não vou ser juiz nesses assuntos.
Atos 18.14-15, NTLH

Lucas mostra no livro de Atos uma despreocupação, e até uma certa benevolência, da parte do império romano para com o Caminho. Embora não fosse mera questão de palavras, a disputa que os judeus tiveram com os cristãos não representava ameaça aos olhos dos governantes.

De certa forma, então, os cristãos, mesmo não tendo oportunidade nesse momento de fazer defesa, ganharam a causa e tiveram liberdade de continuar pregando o evangelho.

Paulo disse a respeito da relação do cristão com o governo: “Somente os que fazem o mal devem ter medo dos governantes, e não os que fazem o bem. Se você não quiser ter medo das autoridades, então faça o que é bom, e elas o elogiarão” (Romanos 13.3 NTLH).

Deixe que o governo faça o seu trabalho, e façamos nós a obra de Deus.

Use a cuca

Para saber a vontade de Deus, leia a Bíblia e pense.

PenseMesmo quando os milagres estavam presentes na igreja e Deus falava aos apóstolos por meio de anjos, vozes e visões, ele nunca passou por cima da mente humana.

Quando Pedro viu a visão do lençol com os animais, o Senhor trabalhou para que ele chegasse a sua própria conclusão sobre o significado.

Assim também Paulo teve uma visão de um homem macedônio o suplicando para chegar na sua região para ajudá-los.

Depois que Paulo teve essa visão, preparamo-nos imediatamente para partir para a Macedônia, concluindo que Deus nos tinha chamado para lhes pregar o evangelho.
Atos 16.10 NVI

Depois da visão, ainda tiveram de raciocinar a respeito do seu significado e tirar uma conclusão a respeito dela.

O termo “concluir” significa juntar ou somar na mente. Um autor afirmou que “os santos não acreditavam facilmente em toda visão”. Provaram os espíritos, evidentemente (1 João 4.1). De qualquer maneira, da natureza da visão, chegaram à conclusão a respeito do seu próximo destino para a pregação do evangelho.

Com a Bíblia hoje, não é diferente. Deus quer que a leiamos e meditemos, somando os fatos, mandamentos, princípios, e exemplos, e que cheguemos a uma conclusão — e uma conclusão correta — quanto à vontade dele para nós hoje. E não demora tanto isso, não.

Use a cuca!

Briga feia, com razão

Quando se trata da salvação, é coisa séria.

Desde os primeiros dias do evangelho, há pessoas que modificam as exigências para a salvação, ou acrescentando ou retirando condições necessárias. Um grupo não autorizado saiu de Jerusalém e perturbou a igreja em Antioquia:

Alguns homens desceram da Judéia para Antioquia e passaram a ensinar aos irmãos: “Se vocês não forem circuncidados conforme o costume ensinado por Moisés, não poderão ser salvos”.
Atos 15.1 NVI

Quando se trata da salvação, é coisa séria. A discussão não foi pequena. Paulo e Barnabé brigaram feio com os homens que assim ensinaram (verso 2). A disputa levou a uma reunião de todos os irmãos em Jerusalém.

Quando introduzem ideias diversas além do que está escrito na Palavra de Deus a respeito da salvação, não pode haver consentimento nem silêncio. Paulo e Barnabé acertaram ao impedirem que esta falsa doutrina tivesse espaço entre os irmãos em Antioquia.

Faremos bem seguindo o exemplo deles.

Para um bom estudo das exigências da salvação, veja “Alguns minutos com quem te ama“.

Vai haver divisão

A pregação do evangelho faz surtir divisão.

Os discípulos de Jesus trabalham em prol da paz, mas seus inimigos farão de tudo contra eles. Assim fizeram os judeus que rejeitaram a mensagem de Cristo.

E dividiu-se a multidão da cidade; e uns eram pelos judeus, e outros pelos apóstolos.
Atos 14.4 NVI

Jesus avisou que haveria divisão até dentro da própria família por causa dele.

O que fazer? Continuar pregando a palavra, não se silenciar para evitar conflito, falar a verdade em amor, mas sempre falar a verdade.

Os apóstolos não eram partidários, mas vítimas de facciosos. Foi assim no primeiro século e desde os primeiros dias da igreja de Cristo.

A pessoa certa para a tarefa

Duas lições quando Cornélio escolheu a pessoa certa.

O centurião CornélioConfie um trabalho espiritual a uma pessoa espiritual. Cuidar das viúvas foi um trabalho espiritual (Atos 6), que exigiu, não um currículo de administrador de empresa, mas sim qualidades de um homem de Deus.

Da mesma forma, quando o anjo de Deus ordenou que Cornélio chamasse Pedro para pregar-lhes o evangelho, veja o que ele fez:

Depois que o anjo que lhe falou se foi, Cornélio chamou dois dos seus servos e um soldado piedoso dentre os seus auxiliares, e, contando-lhes tudo o que tinha acontecido, enviou-os a Jope.
Atos 10.7-8 NVI

Esse soldado saberia, mais do que outros, como tratar com Pedro. Ele iria apreciar, quando os outros achariam bobagem, o objetivo da viagem. Ele tomaria mais cuidado, faria mais esforço, mostraria mais interesse em cumprir a ordem do seu superior.

Sejamos nós pessoas piedosas e devotas para sermos dignos de recebermos tarefas no reino de Deus.

E confiemos as obras do reino a pessoas de igual índole, para que seja cumprido da melhor forma possível o trabalho de Deus.

Faça de mim, ó Pai, a pessoa que eu deveria ser. Santifico-me para ser instrumento útil no seu serviço. Amém.

Jesus leva pro lado pessoal

A pergunta que Jesus faz a Saul no caminho a Damasco só faz sentido quando entendemos que a igreja dele está no centro das suas atenções.

Saulo no caminho de DamascoO que se faz, ou não faz, pela família de Cristo ele leva pro lado pessoal. Disse: “Foi a mim que fizeram” (Mt 25.31-46). Por isso o Senhor fala assim a Saulo, que perseguia a igreja de Deus:

Saulo, Saulo, por que você me persegue? (…) Eu sou Jesus, aquele que você persegue.
Atos 9.4, 5 NTLH

Perseguir a igreja significa perseguir a Jesus.

E tem gente que acha que a igreja é dispensável.

Se Jesus coloca a igreja no centro das suas atenções desta forma, podemos fazer menos do que ele?

 

Não poderão ser salvos

Atos 15.1: Tem gente que muda os termos da salvação.

Alguns homens desceram da Judéia para Antioquia e passaram a ensinar aos irmãos: “Se vocês não forem circuncidados conforme o costume ensinado por Moisés, não poderão ser salvos”.
Atos 15.1

Desde o iní­cio do evangelho de Cristo, falsos mestres têm mudado os termos da salvação.

Alguns acrescentam mais condições, outros as tiram, ainda outros trocam os mandamentos de Cristo por seus próprios.

Quando estes começaram a insistir na observação das leis de Moisés, foi considerado assunto tão importante que houve uma grande reunião em Jerusalém com toda a igreja.

Pois o que é necessário para a salvação é a questão mais importante de todas.

Se você não sabe com toda certeza o que Deus (e não nenhum homem) exige de você para ser salvo, você deve se apressar para descobri-lo. E fazê-lo.