Quem vive para te provocar — some da história

1 Samuel 1.6-7: Problema para nós é oportunidade para Deus.

“E por que você não tem filho, Ana? Por que é que Deus não gosta de você? O que você fez para chatear o Senhor? Eu tenho filhos e filhas. O que você tem?”

Talvez com palavras como estas, Penina provocava Ana, ambas esposas de Elcana. Continue lendo “Quem vive para te provocar — some da história”

Confiança mal colocada

2 Reis 18.21: Buscar ajuda humana fora da vontade de Deus só complica.

Uma pessoa procurou um psicólogo para ajudar a salvar seu casamento. O profissional recomendou que ela tivesse um caso amoroso (adultério) — com ele! Nem toda ajuda humana é tão obviamente destruidora, mas quem procura o homem ao invés de Deus, longe da vontade dele, acaba se prejudicando. Como Israel: Continue lendo “Confiança mal colocada”

Deixe que Deus faça o trabalho dele

Salmo 37.7: A bondade de Deus se revela no tempo.

Nossos olhos veem o presente. Vemos o sucesso dos outros. Comparamos as nossas dificuldades com o êxito alheio. As comparações favorecem o outro. Sentimo-nos defraudados. Pensamos que somos alvos da injustiça. Deus não nos trata bem. Continue lendo “Deixe que Deus faça o trabalho dele”

Quem não quer um futuro melhor?

Entre a promessa e o cumprimento, a fé.

A promessa sinaliza uma mudança na situação, mudança esta não evidente das circunstâncias atuais. Melhor a promessa que nos ajuda a visualizar, não somente o presente que nos deixa insatisfeitos, mas também o futuro que trará grandes benefícios.

Mesmo que agora não haja trigo nos depósitos, mesmo que as parreiras, as figueiras, as romãzeiras e as oliveiras não tenham produzido nada, de hoje em diante eu os abençoarei.
Ageu 2.19 NTLH

A promessa convida à fé, pois esta sente confiança em quem promete, de que dentro do prazo estipulado cumprirá a palavra.

Os profetas, como Ageu, prometeram um futuro melhor, mas a mudança dependia do arrependimento do povo de Israel.

Da mesma forma, hoje, a paz do coração, a presença de Deus conosco e a esperança celestial dependem da nossa aproximação ao Senhor.

Pois quem acredita que as coisas vão melhorar sozinhas?

Confiar ou trair

Falta ao discípulo a falsa segurança dos de fora.

Confiar em DeusNinguém gosta de chegar no último lugar. Mas quem na vida aparece na frente pode ficar, aos olhos de Deus, por último.

e Simão, o nacionalista; e Judas Iscariotes, que traiu Jesus.
Mateus 10.4 NTLH

A lista dos apóstolos em Mateus 10 é dividida em pares, refletindo evidentemente o envio deles de dois em dois na comissão limitada. Nos evangelhos Judas aparece por último e sempre com a identificação de ser o traidor do Senhor.

Pelo jeito, ninguém suspeitava de Judas. Era o tesoureiro confiado com os donativos para o sustento do Mestre e do seu grupo. No mundo, quem controla o dinheiro é pessoa importante, então, Simão Zelotes deve ter ficado satisfeito com Judas como parceiro de pregação.

Ao longo do ministério de Jesus, porém, algo incomodava o coração de Judas, até chegar ao ponto de vencê-lo. Na hora de sair na comissão limitada, eles tiveram de abrir mão de malas e moeda, para depender da hospitalidade dos seus ouvintes. O homem que amava o dinheiro e, talvez, achava nele seu conforto e valor, deve ter achado tais experiências, no mínimo, assustadoras.

Jesus nos lança no mundo sem as escoras de sustentação das quais o mundo depende. Temos a sua presença, e a comunhão dos irmãos, mas falta a falsa segurança dos de fora.

Basta ver se confiaremos nele, ou tentaremos no final garantir a sustentabilidade da nossa causa. E, no processo, trair o Salvador, para ficar por último.

Duvidaram

Duvidaram de Deus, dizendo: “Poderá Deus preparar uma mesa no deserto? Sabemos que quando ele feriu a rocha a água brotou e jorrou em torrentes. Mas conseguirá também dar-nos de comer? Poderá suprir de carne o seu povo?”
Salmo 78.19-20

Por mais que eu saiba do poder de Deus e tenha conhecimento dos seus grandes atos, duvido que ele consiga operar na minha vida e satisfazer as minhas necessidades.
Continue lendo “Duvidaram”