Coragem para condenar

Miqueias 3.8: Como deixar o Espírito de Deus torná-lo em defensor da verdade.

denunciar-erro

Uma verdade bem simples explica por que tão poucas pessoas estão dispostas a condenar as obras das trevas e apontar o caminho de Deus. A verdade é simples, mas poucos querem abraçá-la.

Mas, quanto a mim, o Espírito do SENHOR me dá poder, amor pela justiça e coragem para condenar os pecados e as maldades do povo de Israel.
Miqueias 3.8 NTLH

Mas como conseguimos tal coragem da parte do Espírito do Senhor? Como desenvolver um compromisso ferrenho com o que é certo?

Não é segredo. Passos simples.

Beba da Palavra escrita, inspirada pelo Espírito.

Peça coragem de Deus, pedido este conduzido pelo Espírito.

Esteja frequentemente entre os irmãos, o povo santificado pelo Espírito.

Renuncie os caminhos do mundo na sua própria vida, permitindo que o Espírito tenha espaço para trabalhar em você.

Tal pessoa salvará a própria vida e as almas de muitos.

Deus de poder e misericórdia, faça de mim um homem de força. Ponha em mim seu Espírito santo, ponha pra correr as hostes do diabo.

O rosto de um anjo

Atos 6.15: Não é rosto de neném!

Nenhum de nós já viu um anjo. As histórias de anjos hoje nada parecem com as da Bíblia, tampouco os supostos anjos têm algo a ver com os verdadeiros. As Escrituras desconhecem anjinhos bonitinhos.

Todos os que estavam sentados na sala do Conselho Superior olhavam firmemente para Estêvão e viram que o rosto dele parecia o rosto de um anjo.
Atos 6.15 NTLH

Continue lendo “O rosto de um anjo”

Kadhafi cai, Cristo nunca

Cristo nunca cairá do poder. Isso traz coragem.

MorteEntre poderes humanos, um sobe para apenas cair logo em seguida. Isso fica mais claro em ditadores como Kadhafi, que ontem derrubou o chefe anterior da Líbia para desfrutar poder absoluto e oprimir o próprio povo, mas hoje foi derrubado por rebeldes. Mas há um que derrota o inimigo para nunca mais ser desafiado.

[Cristo] acabou com o poder da morte e, por meio do evangelho, revelou a vida que dura para sempre.
2 Timóteo 1.10 NTLH

A quebra do poder da morte não significa que não sofreremos nesta vida pelo evangelho, pois Paulo afirma isso logo em seguida. O apóstolo chama Timóteo para não ter medo de sofrer junto com ele. O discípulo deve abraçar o sofrimento como parte do serviço a Deus. Todos os da Ásia abandonaram Paulo (verso 15), porque não estavam dispostos para suportar tal sofrimento.

Então, o que significa a quebra do poder da morte? Ela significa sim que, independente do que acontece com o servo de Cristo nesta vida, ele tem a garantia da vida eterna. Nada na vida terrena pode tirar-lhe a vida celestial.

Assim, o evangelho de Cristo cria servos corajosos, que cumprirão sua missão neste mundo sem medir esforços e sem importar-se com as dificuldades.

 

Obedecer antes a Deus

Os apóstolos nos dão exemplo, face à oposição, de como devemos obedecer a Deus e pregar o evangelho conforme mandamento de Jesus, em todos os momentos.

preciso obedecer a DeusQual é melhor: o alívio imediato, ou a saúde futura? Qual você prefere: ceder aos homens agora para evitar críticas e oposição, ou obedecer a Deus para desfrutar a aprovação eterna dele?

Os apóstolos não tiveram de pensar duas vezes, quando o conselho dos judeus proibia falar em nome de Jesus.

Pedro e os outros apóstolos responderam: “É preciso obedecer antes a Deus do que aos homens!
Atos 5.29 NVI

Jesus mandou pregar o evangelho a todos, a toda hora, sem dar atenção ao momento, à reação das pessoas, à situação. É para pregar, e pronto!

Mas nós preferimos esperar até uma hora em que a pessoa seria mais receptiva. E acabamos nunca falando. Somos covardes! E assim obedecemos aos homens ao invés de obedecer a Deus.

Vamos nos arrepender!

 

Ao trabalho

“Coragem, Zerubabel”, declara o Senhor. “Coragem, sumo sacerdote, Josué, filho de Jeozadaque. Coragem! Ao trabalho, ó povo da terra!”, declara o Senhor. “Porque estou com vocês”, declara o Senhor dos Exércitos.
Ageu 2.4

Os judeus que lembraram o antigo templo de Salomão poderiam considerar que a construção do novo, após o exílio, fosse desprezível e indigno de esforço. Continue lendo “Ao trabalho”

Risco e responsabilidade

Naquele dia Davi disse: “O primeiro que atacar os jebuseus se tornará o comandante do exército”. Joabe, filho de Zeruia, foi o primeiro e por isso recebeu o comando do exército.
1 Crônicas 11.6

Até o tempo de Davi a cidade de Jerusalém foi reduto dos jebuseus, gentios da terra de Canaã.

O rei conquistou a cidade e a tornou sua capital. Continue lendo “Risco e responsabilidade”