Um corpo para oferecer

Cristo recebeu um corpo para oferecer. Nós também.

oferecer corpoQuando olhamos no espelho, vamos logo às partes que achamos imperfeitas, que nos impedem de ter corpo ideal. Nariz muito grande. Orelhas que nem bandeiras. Queixo pequeno. Quadris muito amplos. Sempre tem algo que é muito pequeno, muito grande, muito comprido, muito curto.

Por mais que nossas características físicas nos desagradem, nossos corpos são ofertas perfeitas para o Senhor.

Quando nós entramos no reino de Deus, ele nos deu os corpos como o primeiro instrumento do bem eterno. Da mesma forma como fez pelo seu Filho Jesus Cristo.

Por esse motivo, ao entrar no mundo, Cristo disse: “Tu não quiseste sacrifício e oferta. Em vez disso, tu me deste um corpo”.
Hebreus 10.5 EP

Por isso é que afirma a Bíblia de estudo da NLT: “Deus tinha preparado o salmista para ser obediente, pronto para fazer a vontade de Deus. A carta aos Hebreus agora aplica esta ideia a Cristo. Para o autor da carta, a preparação de um corpo humano, especificamente o corpo de Cristo, mostra que Deus o usaria como um sacrifício superior”.

E Deus “preparou”, ou determinou, que nossos corpos serão oferecidos neste mundo conforme a sua vontade, para nossa salvação eterna e para a salvação de muitos.

Com este conhecimento, passagens como Romanos 12.1 adquirem novo significado. E o espelho oferece um ângulo diferente.

O versículo mais positivo do capítulo

Escolhi e posso provar!

auto-disciplinaQual o versículo mais positivo de 1 Coríntios 9? A pergunta é subjetiva, cada um pode escolher o seu, mas achei o meu no final do capítulo. Na discussão a respeito de sustento dos “que administram as coisas sagradas”, Paulo a conclui com esta afirmação.

Trato com dureza o meu corpo e o submeto, para não acontecer que eu proclame a mensagem aos outros, e eu mesmo venha a ser reprovado.
1 Coríntios 9.27 EP

Ué, o versículo mais positivo é este, você pergunta? Veja por quê:

Usando a figura do esporte competitivo, Paulo deixa claro que recusa a receber sustento financeira da igreja em Corinto como um dos meios pelos quais ele se disciplina a si próprio. Assim, ele exerce sua liberdade, pela disciplina. Desta forma, ele tem mais opções no seu serviço a Cristo. Positivo, não?

Por esta disciplina, também, ele se faz tudo para com todos, para ganhar o maior número de pessoas possível. Há ligação, portanto, entre o evangelismo e a disciplina. (Talvez  por isso não haja mais evangelismo na igreja, hein?) Ele consegue alcançar mais pessoas pela disciplina. Também positivo, não é?

Esta disciplina faz com que ele mesmo seja salvo. Por meio da disciplina, Paulo aplica as verdades do evangelho à sua vida. A submissão do corpo ao senhorio de Cristo alinha sua vida com a esperança eterna. O que pode ser mais positivo do que isso?

Por último, Paulo se coloca como exemplo a ser imitado. Que maravilha tratar sua própria vida e seu próprio corpo de tal modo a poder oferecer-se como modelo aos outros! Tudo de positivo aqui!

Eu te convenci ainda?

Deus Pai, que eu encontre a força para disciplinar o corpo e a mente, os pensamentos e as atitudes, para que Cristo seja evidente em mim, e eu aplique na vida os grandes princípios e verdades que conduzem ao lar eterno.