Quem é de Deus venceu

I João 4.4: O óbvio deixa de ser óbvio quando escutamos a vozes ou mal informadas ou mal intencionadas.

O óbvio deixa de ser óbvio quando escutamos a vozes ou mal informadas ou mal intencionadas. Foram as últimas que estavam berrando no primeiro século quando João escreveu sua primeira carta, deixando confusos os verdadeiros filhos de Deus. Continue lendo “Quem é de Deus venceu”

Ação: Adorar

João 4.24: Prepare-se mental e espiritualmente.

LER: “Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade” Jo 4.24.

PENSAR: A adoração dos filhos de Deus tem de ser conforme o caráter dele, atos racionais revelados por ele. Nós não escolhemos como adorá-lo. Como Soberano, ele é que determina como nos chegaremos na sua presença. O necessário é o que ele requer de nós. Continue lendo “Ação: Adorar”

O justo tem raiz

Salmo 1.3: O prefácio dos Salmos diz tudo.

justo-arvore

É prefácio. Introdução. Dica de tudo o que vamos ler depois. O primeiro Salmo começa com felicidade por não participar do mal com os ímpios. Passa pela satisfação naquilo que consegue saciar as necessidades mais básicas: a lei de Deus. E, em contraste com os ímpios, é seguro e bem-sucedido: Continue lendo “O justo tem raiz”