Abrindo mão dos direitos

O cristão anda por um caminho melhor.

promessas de Deus

Exija seus direitos, dizem-nos hoje. Pois se você não zelar pelo próprio bem, quem o fará? O cristão, porém, tem como agir de outra forma, como fez o patriarca Abrão com seu sobrinho Ló:

Aí está a terra inteira diante de você. Vamos separar-nos. Se você for para a esquerda, irei para a direita; se for para a direita, irei para a esquerda.
Gênesis 13.9 NVI

Como o patriarca que era, Abrão tinha a preferência da escolha. Mas abriu mão do seu direito, dando a Ló a opção de ir para o lado que achava melhor.

Abrão podia fazer isso porque tinha recebido a promessa de Deus, e nesta confiava. O Senhor tinha prometido torná-lo em grande e próspera nação.

Com esta mesma confiança, podemos também fazer o mesmo que Abrão, sem exigir nosso direito. Pois o Senhor nos prometeu a sua bênção. Podemos assim procurar fazer o bem ao próximo e cultivar a paz.

Mais ainda, podemos sofrer por Cristo, para cumprir a missão dele, certos de que a promessa de Deus, para cuidar das nossas necessidades, se cumprirá a nosso respeito.