Vender-se ou entregar-se

Gálatas 1.4: A escolha é entre Acabe e Jesus.

(…) que se entregou a si mesmo por nossos pecados a fim de nos resgatar desta presente era perversa, segundo a vontade de nosso Deus e Pai. Gálatas 1.4

Ao possuir o rei Acabe a vinha de Nabote, o Senhor enviou o profeta Elias para confrontá-lo. O profeta lhe disse: “você se vendeu para fazer o que o Senhor reprova” 1 Reis 21.20. Que contraste com o que fez o Senhor Jesus! Continue lendo “Vender-se ou entregar-se”

Decidiu fazer a vontade da multidão

Lucas 23.24: Lucas mostra que Pilatos tomou uma decisão consciente de fazer o que a multidão queria.

Pilatos era governante fraco. Tentou escapar da sua responsabilidade enviando Jesus a Herodes e, depois, quando essa manobra não foi bem sucedida, procurou soltá-o, mas por causa da insistência da multidão, acabou cedendo.

Frase triste que serve de grande contraste com a vida de Jesus: Continue lendo “Decidiu fazer a vontade da multidão”

Como não chegar a uma boa decisão

Marcos 15.1: Tem tudo a ver com motivações.

decisao-dois-caminhos

Quando o propósito for errado, também será a decisão que dele procede. Não pode sair uma boa decisão de um motivo escuso.

De manhã bem cedo, os chefes dos sacerdotes com os líderes religiosos, os mestres da lei e todo o Sinédrio chegaram a uma decisão. Amarrando Jesus, levaram-no e o entregaram a Pilatos.
Marcos 15.1

O propósito dos líderes já tinha sido determinado: matar Jesus, para proteger sua influência sobre o povo. Agora que ele estava no poder deles, sua consulta uns com os outros só confirmava o próximo passo. Teriam de levá-lo ao governador romano, que detinha o poder da pena de morte. Continue lendo “Como não chegar a uma boa decisão”