Um toque especial

Jesus nos convida a tocá-lo.

Jesus acolheNas ruas das grandes cidades, nos ônibus e metrôs, em festas e outros lugares onde há muita gente, sentimos o toque das pessoas sem dar importância a elas. Foi assim com Jesus também, cercado constantemente por multidões, pressionado por todos os lados por gente que queria vê-lo, ouvi-lo e pedir-lhe algum benefício. Mas houve um momento …

Responderam os seus discípulos: “Vês a multidão aglomerada ao teu redor e ainda perguntas: ‘Quem tocou em mim?'”
Marcos 5.30 NVI

Jesus sentiu um toque diferente. Um toque da fé, da necessidade, do desespero, do esforço máximo. Um toque receptivo a seu poder. E no meio de tanta gente, chama atenção para este toque. Para esta mulher.

Na verdade, o Senhor não só chama atenção dos outros para ela, como chama ela para que não sinta nunca nenhum remorso pelo que fez. Pelo contrário, Jesus queria que ela fizesse isso. Ele estava presente para injetar na vida a esperança e a fé.

Além de fazer para ela a bênção da cura, ele ainda lhe faz outra: ele a puxa do meio da multidão para ela contar sua história, ouvir que sua fé a curou, saber que, mesmo ocupado, o Senhor tem tempo para os pequeninos.

E também para mim.

Pensando bem, quem tem um toque especial é Jesus.

 

Explicação

Ele [o eunuco] respondeu: “Como posso entender se alguém não me explicar?” Assim convidou Filipe para subir e sentar-se ao seu lado.
Atos 8.31

EunucoO Senhor enviou Filipe a ensinar o eunuco de forma miraculosa. Mesmo assim, determinou que um ser humano ensinasse o evangelho de Jesus, ao invés de, digamos, um anjo ou o próprio Senhor.

O eunuco estava lendo o livro de Isaí­as, do Velho Testamento. Não entendia as profecias contidas no livro. Filipe mostrou que elas se aplicavam a Jesus.

Quem explica hoje para que se possa entender? Além de pregadores, professores e evangelistas, o próprio Novo Testamento serve como a explicação definitiva do Velho.

Se você não tem quem lhe explique a sua leitura da Bí­blia, Deus nos deu o Novo Testamento como a explanação “oficial” de tudo o que ele estava fazendo pela História e ainda vai fazer nestes fins dos tempos.