Ação: Cooperar

2 Coríntios 1.24: Minha obra tem o caráter de convite ou imposição?

LER: “Não que tenhamos domínio sobre a sua fé, mas cooperamos com vocês para que tenham alegria, pois é pela fé que vocês permanecem firmes” 2Co 1.24.

PENSAR: Os cristãos são cooperadores com Deus no evangelho, 1Co 3.9; 2Co 6.1, e com os irmãos para salvar outros e promover a fé, Fp 1.5; 4.3; Cl 1.7; 4.7, 11; 3Jo 8. Ninguém tem “poder ditatorial” (TLNT) sobre outro; a fé não pode depender de outra pessoa, a não ser de Deus. No reino de Deus somente Cristo é Líder. Continue lendo “Ação: Cooperar”

A vitória da fé

1 João 5.4: Ler e decorar, pensar e refletir, orar e agradecer, agir e fazer a perguntar boa.

  • LER: “O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” 1 João 5.4 NVI.
  • PENSAR: Lembre Davi perante Golias. O mundo parece grande, mas Deus é maior.
  • ORAR: Deus que inspira a fé, obrigado pela vitória sobre o mundo. Eu creio! Fortaleça a minha fé.
  • AGIR: Mostre a vitória da fé, tornando problemas em oportunidades de mostrar a glória de Deus.
  • PERGUNTAR: O que posso fazer hoje para demonstrar que a minha fé é vitoriosa?

Abaixo, o mesmo conteúdo em formato de imagem, para você imprimir e compartilhar:

vitoria-fe

Gostou desse formato? Compartilhe a sua opinião e experiência, abaixo, na área dos comentários.

 

Confiança mal colocada

2 Reis 18.21: Buscar ajuda humana fora da vontade de Deus só complica.

Uma pessoa procurou um psicólogo para ajudar a salvar seu casamento. O profissional recomendou que ela tivesse um caso amoroso (adultério) — com ele! Nem toda ajuda humana é tão obviamente destruidora, mas quem procura o homem ao invés de Deus, longe da vontade dele, acaba se prejudicando. Como Israel: Continue lendo “Confiança mal colocada”

A parte de Deus e a parte do homem na salvação

2 Tessalonicenses 2.13: Deus fez a sua parte, a maior; devemos agora fazer a nossa.

Devemos tomar cuidado ao falar que, no evangelho, existem a parte de Deus e também a parte do homem, para não passar a impressão de que as duas partes sejam iguais. A obra maior, a de providenciar a salvação, é de Deus. A obra menor, do homem, é a de aceitá-la. Continue lendo “A parte de Deus e a parte do homem na salvação”

Fé inesquecível

A fé que trabalha não se esquece fácilmente.

Obra da féQuando há coisas poderosas a serem lembradas, a memória tem tarefa mais fácil. Recordamos as coisas que fazem uma forte impressão em nós.

Lembramos continuamente, diante de nosso Deus e Pai, o que vocês têm demonstrado: o trabalho que resulta da fé, o esforço motivado pelo amor e a perseverança proveniente da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo.
1 Thessalonicenses 1.3

A obra da fé não se refere às reuniões da igreja no primeiro dia da semana, mas sim aos esforços constantes e diários dos tessalonicenses, no reino de Deus entre os pagãos na sua volta.

A fé age. Trabalha no amor (Gálatas 5.6). Leva à obediência (Romanos 1.5; 15.26). Ela fala (2 Coríntios 4.13). Ela move montanhas (Mateus 17.20; 21.21).

A fé não é parada, nunca fica sozinha, nunca se confina ao homem interior.

Uma fé dessa é inesquecível.

O que a sua fé está fazendo hoje?

Pai, eu creio. Faça com que minha fé seja ativa, por meio do poder do seu Espírito Santo.

Segure esta ideia: Quando o homem em Cristo crer, / fará a obra que Deus lhe quer.

Geração incrédula e perversa

Tomará como insulto ou repreensão?

Poder DivinoFomos ensinados a não chamar ninguém de idiota ou estúpido. Os insultos machucam, não resolvem nada, dificultam os relacionamentos e comunicam arrogância da parte de quem os usa.

O que Jesus então está fazendo com essas palavras?

Respondeu Jesus: “Ó geração incrédula e perversa, até quando estarei com vocês? Até quando terei que suportá-los? Tragam-me o menino”.
Mateus 17.17 NVI

O pior é que, desta vez, ele se dirige aos próprios discípulos. Antes, falava assim para os judeus que recusaram a crer nele (Mateus 12.39). Mas os discípulos tinham falhado na sua tentativa de expulsar um demônio de um menino. De alguma forma, deixaram de confiar em Jesus e lançar mão do poder que ele tinha outorgado a eles. Talvez sua tendência de competir entre eles surgiu, na ausência de Jesus, enquanto estava no monte da transfiguração.

Então Jesus, ao invés de insultar, repreende. E resolve a situação. Mas nem sempre estará por perto, pessoalmente, para limpar a bagunça deles.

Quando os discípulos deixaram de cumprir a sua missão, recebida do Senhor para o bem das pessoas e para a vinda do reino de Deus, eles mereciam a mesma repreensão que o Senhor deu aos escribas e fariseus.

Por meio da repreensão, Jesus espera que os discípulos acordem, arrependem-se e ajam com fé. Porque o tempo é curto.

Tem hora que merecemos ouvir a mesma repreensão, ao falharmos de cumprir a nossa missão de pregar o evangelho em todo o mundo. E nós, acordaremos a tempo?

Perdoe-me, Senhor, quando tento agir sem fé, sozinho, ao cumprir sua missão, sem confiar plenamente na ação do seu Espírito em mim e no poder das Escrituras para salvar.

Segure este pensamento: Longe de Jesus, falha a nossa força.

Recompensas e confiança

Uma visão de Mateus 6.

No centro do discipulado estão as motivações corretas e o serviço exclusivo. Os pagãos escolhem a multidão e o materialismo, mas os discípulos buscam aprovação divina e confiam na providência divina. A essência da hipocrisia é uma religião praticada para impressionar o homem. Deus aprova a discrição e a simplicidade como marcas da verdadeira fé.

E seu Pai, que vê em secreto, o recompensará.
Mateus 6.18b NVI

A confiança em Deus pelo pão diário acaba com a pressão de tentar garantir o próprio futuro. A preocupação deixa de preocupar. Os que buscam em primeiro lugar o reino de Deus recebem de lambuja as necessidades físicas básicas da vida, porque têm a cabeça no lugar certo, para viver corretamente em relação a Deus.

De ti, o Deus, nós dependemos e de ti buscamos a aprovação. Damos graças pela sua fidelidade e pelas suas promessas em Cristo.

Segure este pensamento: Pratique o bem para aprovação de Deus e o sirva exclusivamente.

A base da fé

O que atraem as pessoas?

As pessoas confiam no que lhes é oferecido, a fim de trazê-los para dentro da igreja. Se é a mensagem de Cristo, esta inspirará neles a fé e a fidelidade (a mesma palavra no grego do Novo Testamento). Se é o estilo de um pregador que impressiona, ou as atrações de um programa, estas são as coisas que vão segurar as pessoas — até que apareça um pregador mais fluente em outro lugar ou um program melhor organizado em outra igreja.

Minha mensagem e minha pregação não consistiram de palavras persuasivas de sabedoria, mas consistiram de demonstração do poder do Espírito, para que a fé que vocês têm não se baseasse na sabedoria humana, mas no poder de Deus.
1 Coríntios 2.4-5 NVI

Ah, mas temos de manter as pessoas na igreja com programas para jovens e para outros, dizem. Se não, eles vão para outro lugar.

Que eles saiam! Pois não estão na igreja por causa de Cristo. Não vão contribuir ao reino, mas sim atrapalhá-lo.

Se suas lealdades não podem ser viradas para Cristo, pela simples mensagem do evangelho, eles não pertencem ao Senhor.