De neurônios e conexões espirituais

Levítico 19.17: Repreensão uma manifestação de amor e de santidade.

Como criaturas sociais que somos, sentimos profundamente as atitudes e ações dos outros. Recentes pesquisas mostraram que o cérebro físico está em constante fluxo, reajustando diariamente suas conexões neuronais de acordo com as interações humanas.

“Todos os relacionamentos modificam o cérebro”, escreve um autor, “e especialmente nosso vínculo mais íntimo, os quais nos fomentam ou nos falham, alterando os circuitos delicados que formam as memórias, as emoções e aquele suvenir máximo, o ego”.

As mudanças que as interações sociais efetuam no organismo físico são mínimas comparadas ao efeito que elas têm na pessoa interior que somos, a nossa alma eterna. Continue lendo “De neurônios e conexões espirituais”

Servo da igreja

Da igreja me tornei servo, segundo o chamado de Deus, que me foi concedido para com vocês, a fim de tornar plenamente conhecida a palavra de Deus.
Colossenses 1.25 BMD

Paulo era servo da igreja porque era servo de Deus e do seu evangelho (1.23). A igreja está no centro dos planos e das atividades do Senhor. Quem serve a Deus também serve aos filhos de Deus.
Continue lendo “Servo da igreja”

Quem se isola

Quem se isola busca interesses egoístas e se rebela contra a sensatez.
Provérbios 18.1

O egoísmo se isola da comunidade, da família, dos amigos, se não fisicamente, então emocionalmente e, sim, espiritualmente. Por mais que haja contato entre pessoas, os interesses egoístas acabam distanciando a pessoa das demais.

Continue lendo “Quem se isola”

Incentivo

E consideremos uns aos outros para nos incentivarmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia.
Hebreus 10.24-25

A igreja precisa de você. Não vamos à igreja para receber, mas para dar. As reuniões dos cristãos seguem o princípio falado pelo Mestre que “mais bem-aventurado é dar do que receber”. Continue lendo “Incentivo”

Que beleza

O homem tem prazer no que pode construir. Deus tem prazer em edificar vidas e conduzi-las para a eternidade.

Quando Jesus estava saindo do templo, um de seus discípulos lhe disse:
— Mestre, veja que beleza de pedras e de edifícios!
Mas Jesus lhe disse:
— Você está vendo estes grandes edifícios? Pois eu lhe digo que nenhuma pedra será deixada sobre outra; todas elas serão derrubadas.
Marcos 13.1-2 VFL Continue lendo “Que beleza”