Venham!

Salmo 95.1: Um convite, um louvor, um reconhecimento.

Venham! Cantemos ao Senhor com alegria! Aclamemos a Rocha da nossa salvação. Sl 95.1

Um convite. O Senhor não nos força a nada. Ele e seu povo convidam. O convite é para desfrutar a alegria no Senhor. Não se faz conversão a ponto da espada, nem se torce o braço para viver ao lado do Criador. Insista, sim, com ternura, com alegria, com amor. Venham! Por que ficar do lado de fora? Por que se priva da presença de Deus, da alegria do seu povo, da comunhão alegre e carinhosa que nos aguarda? Continue lendo “Venham!”

Ação: Cantar

Colossenses 3.16: Cante com seus irmão e aos seus irmãos, para ensiná-los.

LER: “Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria, e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em seu coração” Cl 3.16.

PENSAR: O cântico é ensino da Boa Nova, além de louvor, Ef 5.18-20. Cantamos sem instrumentos porque não temos autorização para estes, os quais não podem nem louvar a Deus nem ensinar ao irmão. Continue lendo “Ação: Cantar”

Tudo o que queremos na vida

Salmo 34.3: O louvor de Deus nos leva à comunidade.

louvor

Quando nos relacionamos com Deus, há algo que nos chama a buscar também relacionamento com os homens.

Proclamem a grandeza do Senhor comigo; juntos exaltemos o seu nome.
Salmo 34.3

A grandeza de Deus nos faz considerar a nossa dependência dele. Percebemos que estamos todos na mesma situação. Continue lendo “Tudo o que queremos na vida”

A voz da experiência

Salmo 30.4-5: É bom aprender da experiência alheia.

voice-experienceA voz da experiência. Bom é aprender da experiência dos outros, quando esta reflete a disciplina da parte do Senhor.

Cantem louvores ao Senhor,
vocês, os seus fiéis;
louvem o seu santo nome.
Pois a sua ira só dura um instante,
mas o seu favor dura a vida toda;
o choro pode persistir uma noite,
mas de manhã irrompe a alegria.
Salmo 30.4-5

O autor sentiu muito seguro nas suas bênçãos recebidas de Deus. “Jamais serei abalado!” disse ele, v. 6. Mas e quando se perde algo da vida? Continue lendo “A voz da experiência”

Aboliu a lei

Paulo escreveu em Efésios 2.14-15:

Cristo é a nossa paz. De dois povos, ele fez um só. Na sua carne derrubou o muro da separação: o ódio.
Aboliu a Lei dos mandamentos e preceitos. Ele quis, a partir do judeu e do pagão, criar em si mesmo um homem novo, estabelecendo a paz. Continue lendo “Aboliu a lei”