Como filho de Deus e seguidor de Cristo

João 5.17: Todo filho de Deus faz como o seu Pai celestial.

Disse-lhes Jesus: “Meu Pai continua trabalhando até hoje, e eu também estou trabalhando”. João 5.17

Deus quer que todos sejam salvos. Como filho dele, quero o que ele quer. Deus não somente quer que todos sejam salvos, mas ele trabalha com esse intuito. Como filho dele, trabalho porque ele trabalha. Continue lendo “Como filho de Deus e seguidor de Cristo”

A oração que ninguém faz

Lucas 10.2: Por que não obedecemos este mandamento de oração específica?

E lhes disse: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Portanto, peçam ao Senhor da colheita que mande trabalhadores para a sua colheita”. Lucas 10.2

Ao falar essas palavras, Jesus tinha acabado de enviar 72 discípulos para pregar o reino de Deus e preparar as cidades de Israel para sua vinda. Lucas registra essa palavra do Senhor esperando que os cristãos deste lado da cruz ouçam e obedeçam. Se a afirmação de Cristo era verdade quando ele a fez, aplicaria ainda mais na época da sua igreja. Agora, os discípulos têm o mundo inteiro para evangelizar. Continue lendo “A oração que ninguém faz”

Por causa do Nome

Eles falaram à igreja a respeito deste seu amor. Você fará bem se os encaminhar em sua viagem de modo agradável a Deus, pois foi por causa do Nome que eles saíram, sem receber ajuda alguma dos gentios. 3 João 7

Anos atrás, uma irmã viúva me perguntou se era lícito enviar sua oferta a um missionário diretamente, ao invés de colocá-la na coleta da igreja. Pois a congregação não ajudava nenhum trabalho da pregação do evangelho. Na época, achei melhor colocar a oferta na coleta da igreja. Hoje, penso que existe um mandamento maior. Continue lendo “Por causa do Nome”

Jesus em pé

Atos 7.55-56: À direita de Deus Jesus fica sentado. Por que se pôs em pé?

Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, levantou os olhos para o céu e viu a glória de Deus, e Jesus em pé, à direita de Deus, e disse: “Vejo os céus abertos e o Filho do homem em pé, à direita de Deus”. Atos 7.55-56

O sermão de Estêvão foi uma grande acusação contra os judeus. Ele os acusou de resistência ao Espírito Santo e recusa de obedecer a Lei. Ele pregou assim porque estava cheio do Espírito Santo. (Engana-se redondamente quem pensa que o evangelho fala só de graça e amor.) Os judeus confirmaram as palavras de condenação de Estêvão pela sua reação, v. 54.

Neste exato momento, abriu-se para ele uma visão celestial. No centro da visão, Jesus ficava em pé. Continue lendo “Jesus em pé”

A descida ao Egito em busca de ajuda

Isaías 3.1: Onde vamos para buscar ajuda?

Deus lamenta sobre seu povo Israel que buscava soluções políticas e militares para ter o sucesso.

Ai dos que descem ao Egito em busca de ajuda, que contam com cavalos. Eles confiam na multidão dos seus carros e na grande força dos seus cavaleiros, mas não olham para o Santo de Israel, nem buscam a ajuda que vem do Senhor!
Isaías 3.1.

Como ele deve se lamentar mais ainda hoje, vendo seu povo, a igreja, buscar soluções materiais e estratégicas que trazem um sucesso superficial, sem mudar o interior e sem facilitar o alcance dos milhões de perdidos. Continue lendo “A descida ao Egito em busca de ajuda”

Ação: Anunciar

1 Pedro 2.9: Fale aos perdidos palavras sobre o Deus bondoso e poderoso.

LER: “Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” 1Pd 2.9.

PENSAR: Identidade determina missão. Quem somos define o que fazemos. O anúncio é obra da toda a igreja, focando as obras de Deus. Nosso trabalho é o de proclamar, anunciar a todos, divulgar (DGNT) a mensagem sobre a salvação de Deus e as manifestações de seu poder (CLNTG). Sua bondade se vê na qualidade do chamado. Continue lendo “Ação: Anunciar”

Ação: Sofrer

Filipenses 1.29: Proclame Jesus a todos e espere reações.

LER: “Pois a vocês foi dado o privilégio de não apenas crer em Cristo, mas também de sofrer por ele” Fp 1.29.

PENSAR: Sofrer por Cristo é experiência tão básica para o discípulo, como a de crer nele. Privilégio traduz o verbo conceder graça (ver ARA, TEB), ato positivo da parte de Deus. Quem foge do sofrimento pelo reino foge do discipulado, 1Pd 2.21ss. Sofrer como cristão é nossa glória, 1Pd 4.12-19. Quem deixa de confessar/pregar Cristo por medo da perseguição não será confessado por ele no juízo, Mt 10.21-39. Continue lendo “Ação: Sofrer”

Ação: Enviar

Romanos 10.15: Avalie necessidades e abra mão do que é seu para enviar aos outros.

LER: “E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: ‘Como são belos os pés dos que anunciam boas novas!’” Rm 10.15.

PENSAR: Deus é Deus enviador; seu povo também o é. A igreja existe para anunciar o evangelho. Para isso, envia pessoas, At 8.14; 11.22; 13.3; 15.3; Cl 4.8, e ofertas, Fp 4.16-18 (ver Lc 8.3). A igreja pratica a hospitalidade como função missionária, Rm 15.24; 16.2, 23; 1Co 16.6, 11; 3Jo 8, bem como a comunicação, At 15.33; Cl 4.10-14, 1Ts 3.5; Ap 1.11. Envia também ajuda a irmãos necessitados, At 11.29-30; 1Co 16.1-3. Continue lendo “Ação: Enviar”

Ação: Ir

Marcos 16.15: Tome a iniciativa para aproximar as pessoas de Deus.

LER: “E disse-lhes: ‘Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas’” Mc 16.15.

PENSAR: Deus tomou a iniciativa de vir ao mundo. Agora, Jesus nos manda ir pelo mundo afora com o evangelho, Mt 28.19. Não mandou construir prédios e convidar para as pessoas virem a nós. Ele ordena falar a verdade do evangelho, à qual alguns ouvirão e obedecerão, Mt28.20; Mc 16.16. Ir também se aplica à iniciativa de fazer as pazes e corrigir ao irmão, Mt 18.15, e fazer além do necessário, Mt 5.41. Continue lendo “Ação: Ir”

‘Sem o Pai de vocês’: a Deus nada escapa

Mateus 10.29: A Deus nada escapa.

A mente humana, por mais impressionante que seja, é limitadíssima. Em anos recentes começou-se a procurar entendê-la melhor e afirma-se frequentemente como ela tem uma capacidade enorme e subutilizada. Mas como nos deixamos distrair! Como a mente esquece! Como tantas coisas a escapam! Continue lendo “‘Sem o Pai de vocês’: a Deus nada escapa”