Se morrer, dará muito fruto

João 12.24-25: Você já experimentou essa morte?

Digo-lhes verdadeiramente que, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, continuará ele só. Mas se morrer, dará muito fruto. Aquele que ama a sua vida, a perderá; ao passo que aquele que odeia a sua vida neste mundo, a conservará para a vida eterna.
João 12.24-25

Jesus falava às vezes usando o paradoxo. O paradoxo é uma contradição ou oposição aparente, algo que, à primeira vista, parece que não podia valer ou ser verdadeiro, mas que contém um princípio ou verdade importante. Continue lendo “Se morrer, dará muito fruto”

Jamais verá a morte

João 8.51: O mandamento é simples e a promessa, firme.

Asseguro-lhes que, se alguém obedecer à minha palavra, jamais verá a morte”. João 8.51

Os judeus não podiam aceitar essa declaração de Jesus, pois eram desobedientes à vontade de Deus. Assim, não pertenciam a Deus, v. 47. Entenderam corretamente que tal promessa como Jesus fez acima podia vir somente de alguém maior do que Abraão. Continue lendo “Jamais verá a morte”