Tempos terríveis

Quais são estes tempos terríveis? Como reconhecê-los?

Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis.

O apóstolo Paulo prepara seu filho na fé, Timóteo, para o pior. Os últimos dias já chegaram (desde o primeiro século!). Os tempos terríveis invadiram a própria igreja por causa dos pecados das pessoas, 2 Tim 3.2-4.

Timóteo tem de saber lidar com tais pessoas, v. 5. Precisa saber como reconhecê-las, v. 5, e quais são suas táticas, v. 6-7. O que estão fazendo é isto (ver v. 8), mas seu alcance terá seus limites, v. 9.

Compreender nosso tempo (“Saiba disto”) nos dará condições de lidar com ele e nos impedirá de cair na mentalidade de que não há nada que se possa (ou deva) fazer.

Quais sinais dos tempos terríveis você está vendo?

Deus soberano, parece-nos um dilúvio de devassidão, uma avalancha de maldades e avareza. Dá-nos força para resistir aos tempos terríveis e sabedoria para lidar com eles.

Não é do Pai

Há um desconexo necessário entre os dois.

A ideia de ser politicamente correto é a de exigir que todos se enquadrem dentro da mesma perspectiva. Existe, porém, uma extrema incompatibilidade entre as coisas de Deus e as do mundo.

tudo o que há no mundo (…) não é do Pai.
1 João 2.16

Pensa-se que haja pontos em comum entre o povo de Deus e os de fora. Mas não se tem nada em comum.

Os cristãos que adotam os modos mundanos mostram sua falta de compreensão neste ponto.

E os dentro da igreja, além dos de fora, que participam das obras do mundo, Deus julgará, por não mostrarem a santidade.

Fazer o que poucos fazem para ter o que poucos têm

O mundo e sua cobiça passam.

Ficar. Os jovens usam o termo para a paixão que, ironicamente, não fica. Imóveis. Pergunte um japonês se a terra é imóvel. Procuramos o eterno, tentamos investir no efêmero a qualidade de permanente, enganamo-nos a nós mesmos para pensar que temos no mundo o que resiste ao tempo.

O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.
1 João 2.17 NVI

Que disputa para as coisas deste mundo! As pessoas estudam, trabalham, se matam para conseguir o mundo e tudo perde num instante. Quem deseja as coisas de Deus pode tê-las sem impedimento. “Aquele” significa qualquer pessoa disposta a fazer a vontade de Deus. Todos têm acesso igual à eternidade. E aqui há pouca concorrência, pois os que fazem a vontade de Deus são poucos.

Mas eu estou decidido a fazer o que poucos fazem para ter o que poucos têm. E você?