Tendo isso, temos tudo

E todo mundo já o tem.

Obra DeusA vida moderna fica cada vez mais complicada, ao que parece. Multiplicam-se as leis, as exigências, os compromissos, as qualificações. Hoje, por exemplo, não dá só para falar português, temos que falar inglês e espanhol e, daqui a pouco, chinês. Temos que adquirir mais competitividade, mais habilidades, e isso requer mais cursos e recursos e conhecimentos.

Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra.
2 Timóteo 3.16-16 NVI

Os cristãos têm na Bíblia o pacote completo de formatura espiritual.

Por “homem”, talvez Paulo, escrevendo para Timóteo, esteja pensando no ministério público do ensino, mas o princípio do preparo espiritual se estende a todos, homens e mulheres. A Bíblia é a ferramenta única necessária para qualquer discípulo de Cristo ser apto ou habilitado para a obra de Deus.

Mas a oração não é importante na obra também? Sim, mas é a Escritura que nos orienta e ensina que devemos orar, mostra como orar, quando orar, por que orar. Não saberíamos nada sobre a oração sem a Bíblia, pois ela contém toda a vontade de Deus sobre este assunto, e sobre todos os assuntos religiosos.

Tendo a Bíblia, portanto, temos tudo o que precisamos para a obra. Prédios, salários para obreiros em tempo integral, programas evangelísticos que exigem grande infraestrutura, podem, talvez, contribuir para um trabalho, mas não são essenciais ao sucesso conforme o plano de Deus.

Com a Bíblia na mão, temos tudo para cumprir a vontade de Deus e fazer a obra dele.

Falta algo, então, para você trabalhar?

Estado de calamidade pública

Ele diz à neve: “Caia sobre a terra”, e à chuva: “Seja um forte aguaceiro”. Ele paralisa o trabalho de cada homem, a fim de que todos os que ele criou conheçam a sua obra.
Jó 37.6-7

Como recentemente no sul do Brasil, com as enchentes, o mau tempo vira manchete quando afeta a vida e rotina da população. Continue lendo “Estado de calamidade pública”