Vocês, orem assim

Mateus 6.9: Jesus veio nos ensinar o caminho do Pai, o caminho ao Pai.

Vocês, orem assim: “Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome”. Mateus 6.9

O sermão do monte foi o grande ensino de Jesus—o seu grande ato—bem no início do seu ministério. Suas curas recebem um parágrafo; seu ensino, três capítulos. Seu ministério foi caracterizado pela instrução. Jesus veio ensinar o caminho do Pai, o caminho ao Pai. Continue lendo “Vocês, orem assim”

Antes de você pedir, Deus já sabe

Mateus 6.8: Deus já sabe, vamos pedir!

Os hipócritas faziam longas orações para chamar atenção das pessoas. Queriam ser reconhecidos como gente piedosa. Os cristãos não fazem orações com essa motivação e de fato nem precisam de orações compridas.

Não sejam como eles, pois, antes de vocês pedirem, o Pai de vocês já sabe o que vocês precisam.
Mateus 6.8 NTLH

Alguns perguntam: “Se Deus já sabe, por que então pedir?” Mas vejamos o contexto: Não precisamos fazer orações compridas, não temos que ficar explicando para Deus todos os detalhes, todos os porquês, e nem impressionando-o com a nossa necessidade, como se faz com as pessoas, porque ele já sabe. O pedido em si já é suficiente.

Não temos de convencê-lo de nada, nem conquistar a sua boa vontade.

Além disso, esta verdade nada diz quanto a pedirmos várias vezes. Jesus não cita o conhecimento do Pai para proibir nossos pedidos repetidos. Pelo contrário! Serviria como motivação para continuar pedindo, se ele se interessa por nós de tal forma a ficar “bem informado” a nosso respeito. (Falamos agora de perspectiva humana.)

Obrigado, nosso Pai, por nos conhecer e nos oferecer oportunidade de pedir-lhe as nossas necessidades.

Segure essa ideia: Profundamente o Senhor nos conhece, / Pedimos e o pedido amadurece.