Tempos terríveis

Quais são estes tempos terríveis? Como reconhecê-los?

Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis.

O apóstolo Paulo prepara seu filho na fé, Timóteo, para o pior. Os últimos dias já chegaram (desde o primeiro século!). Os tempos terríveis invadiram a própria igreja por causa dos pecados das pessoas, 2 Tim 3.2-4.

Timóteo tem de saber lidar com tais pessoas, v. 5. Precisa saber como reconhecê-las, v. 5, e quais são suas táticas, v. 6-7. O que estão fazendo é isto (ver v. 8), mas seu alcance terá seus limites, v. 9.

Compreender nosso tempo (“Saiba disto”) nos dará condições de lidar com ele e nos impedirá de cair na mentalidade de que não há nada que se possa (ou deva) fazer.

Quais sinais dos tempos terríveis você está vendo?

Deus soberano, parece-nos um dilúvio de devassidão, uma avalancha de maldades e avareza. Dá-nos força para resistir aos tempos terríveis e sabedoria para lidar com eles.

E o índio no meio da selva que nunca ouviu o evangelho?

Saiba qual a natureza do problema.

evangelho soluçãoParte do processo de resolver um problema é identificar a natureza do mesmo. Se a identificação do problema for errada, a solução proposta não funcionará.

Aqueles que dizem que Deus salvará as pessoas que nunca ouviram o evangelho fazem do evangelho o problema. O que condena não é a falta de ouvir, mas o pecado humano.

Eu lhes disse que vocês morrerão em seus pecados. Se vocês não crerem que Eu Sou, de fato morrerão em seus pecados.
João 8.24 NVI

Jesus disse que as pessoas vão morrer em seus pecados. Isso significa que o pecado é o problema do ser humano. Sem haver a remissão (remoção) ou perdão dos pecados, não haverá a salvação, ninguém receberá a vida eterna.

Jesus não é o problema, mas sim a solução.

Como tal, cabe ao cristão falar a todos a respeito do Senhor Jesus e como crer nele.

Falar e agir sem pensar

LEITURA DE HOJE: MARCOS 7

Ele continuou: “O que sai da pessoa é o que a faz ficar impura. Porque é de dentro, do coração, que vêm os maus pensamentos, a imoralidade sexual, os roubos, os crimes de morte,  os adultérios, a avareza, as maldades, as mentiras, as imoralidades, a inveja, a calúnia, o orgulho e o falar e agir sem pensar nas consequências.  Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem”.
Marcos 7.20-23 NLTH

O último termo dessa lista de pecados é traduzido de várias formas: insensatez (NVI, AVR), loucura (ARA), falta de juízo (BLH). A Nova Tradução na Linguagem de Hoje o traduz como “o falar e agir sem pensar nas consequências”. Continue lendo “Falar e agir sem pensar”