Pecados que eu cometo sem saber

Salmo 19.12: A ignorância que não condena.

Quem pode conhecer todos os seus erros?
Perdoe os pecados que eu cometo sem saber.
Salmo 19.12 VFL

Somente Deus é onisciente. Não podemos nos conhecer a nós mesmos por completo. Precisamos da sua direção e discernimento, vv. 7-11. A lei de Deus nos informa e identifica em nós as faltas. É importante saber o que não sabemos. Continue lendo “Pecados que eu cometo sem saber”

Conforme a ordem

Deus age quando o homem obedece.

Assim ele desceu ao Jordão, mergulhou sete vezes conforme a ordem do homem de Deus e foi purificado; sua pele tornou-se como a de uma criança.
2 Reis 5.14

Ao ouvir a ordem do profeta Eliseu, Naamã, o comandante do exército sírio, recusou a obedecer. Somente quando ele resolveu se submeter à ordem de mergulhar-se sete vezes no rio Jordão foi ele curado da sua lepra. Continue lendo “Conforme a ordem”

O Cordeiro de Deus

João 1.29: Para receber o perdão, precisamos ver o Cordeiro.

No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e disse: “Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” João 1.29

Num dia João afirma não ser o Messias, e no outro ele aponta Jesus como o Enviado de Deus. Diz que seu trabalho existia para revelá-lo a Israel, v. 31. O trabalho de Jesus, porém, não seria limitado ao povo judaico. Ele nasceu entre os judeus, trabalhou entre eles, foi morto por eles, mas sua obra visava tirar o pecado do mundo, de toda a humanidade. Continue lendo “O Cordeiro de Deus”

Enquanto é possível achá-lo

Isaías 55.6-7: A hora é agora.

Busquem o Senhor enquanto é possível achá-lo; clamem por ele enquanto está perto. Que o ímpio abandone o seu caminho, e o homem mau, os seus pensamentos. Volte-se ele para o Senhor, que terá misericórdia dele; volte-se para o nosso Deus, pois ele dá de bom grado o seu perdão.
—Isaías 55.6-7

Hoje é possível achar o Senhor Deus. O presente nos oferece oportunidade de nos aproximar dele. A oferta do perdão está sendo feita agora mesmo. Continue lendo “Enquanto é possível achá-lo”

Ação: Repreender

Lucas 17.3: A repreensão é ato de amor.

LER: “Tomem cuidado. Se o seu irmão pecar, repreenda-o e, se ele se arrepender, perdoe-lhe” Lc 17.3.

PENSAR: Não podemos recusar a perdoar ao irmão e esperar o perdão de Deus, Mt 6.12-15. O perdão é mais do que não levar em conta o erro do outro; busca sua restauração por meio do confronto amoroso. Quem ama repreende, pois deixar o outro continuar no pecado mostra falta de preocupação com seu destino eterno. Continue lendo “Ação: Repreender”

Ação: Perdoar

Considere ofensas como pedras no caminho a serem removidas.

LER: “Perdoa-nos os nossos pecados, pois também perdoamos a todos os que nos devem” Lc 11.4.

PENSAR: O perdão ao irmão é condição para receber o perdão de Deus. Ele tem de ser de coração, Mt 18.35, e não tem limite, Lc 17.1-10. Perdoar significa ganhar o irmão de volta e assim é processo alegre, pois do perdão consistem a reconciliação e a libertação, Cl 1.14; Ef 1.7. Continue lendo “Ação: Perdoar”

Restaure-nos mais uma vez

Salmo 85.4: Quando voltamos a Deus ele volta a nós.

restauracao

De novo? A memória do povo de Deus é curta. Esqueceu que Deus pune a infidelidade.

Restaura-nos mais uma vez, ó Deus, nosso Salvador, e desfaze o teu furor para conosco.
Salmo 85.4 NVI Continue lendo “Restaure-nos mais uma vez”