Cuidado com as obras da justiça

Mateus 6.1: Faz uma diferença por que fazemos as nossas obras.

Evitem praticar as suas obras de justiça diante dos outros para serem vistos por eles; porque, sendo assim, vocês já não terão nenhuma recompensa junto do Pai de vocês, que está nos céus.
Mateus 6.1 NAA

Jesus espera que façamos obras de justiça. Ou, literalmente, praticar a “justiça”. Nossa justiça tem de ser “muito superior” que a dos religiosos, para entrarmos no reino de Deus, Mateus 5.20. O termo nos dois versos é o mesmo. Uma das maneiras, portanto, como ela (ou elas, no caso) tem de ser superior é a motivação por trás dela. Continue lendo “Cuidado com as obras da justiça”

Na academia com Deus

Compare tempo de academia com o da piedade.

PiedadeTem gente que consegue ficar uma hora na academia, mas não aguenta dez minutos com a palavra de Deus. Assiste a televisão por horas a fio, mas dorme no meio da oração. Por quê? Mente depravada. Carnalidade. Dissolução.

O exercício físico é de pouco proveito; a piedade, porém, para tudo é proveitosa, porque tem promessa da vida presente e da futura.
1 Timóteo 4.8 NVI

Não nos falta oportunidades para exercitar a piedade, a devoção, a dedicação a Deus. Cópias das Escrituras estão por todo lado. Aulas bíblicas estão sempre sendo oferecidas. Cada dia apresenta portas abertas para o serviço, para proferir uma palavra da salvação.

Diga não à adoração do corpo, e sim à dedicação às boas obras em Cristo Jesus.

A pessoa certa para a tarefa

Duas lições quando Cornélio escolheu a pessoa certa.

O centurião CornélioConfie um trabalho espiritual a uma pessoa espiritual. Cuidar das viúvas foi um trabalho espiritual (Atos 6), que exigiu, não um currículo de administrador de empresa, mas sim qualidades de um homem de Deus.

Da mesma forma, quando o anjo de Deus ordenou que Cornélio chamasse Pedro para pregar-lhes o evangelho, veja o que ele fez:

Depois que o anjo que lhe falou se foi, Cornélio chamou dois dos seus servos e um soldado piedoso dentre os seus auxiliares, e, contando-lhes tudo o que tinha acontecido, enviou-os a Jope.
Atos 10.7-8 NVI

Esse soldado saberia, mais do que outros, como tratar com Pedro. Ele iria apreciar, quando os outros achariam bobagem, o objetivo da viagem. Ele tomaria mais cuidado, faria mais esforço, mostraria mais interesse em cumprir a ordem do seu superior.

Sejamos nós pessoas piedosas e devotas para sermos dignos de recebermos tarefas no reino de Deus.

E confiemos as obras do reino a pessoas de igual índole, para que seja cumprido da melhor forma possível o trabalho de Deus.

Faça de mim, ó Pai, a pessoa que eu deveria ser. Santifico-me para ser instrumento útil no seu serviço. Amém.

Cem por um

Outras pessoas são como a semente lançada em boa terra: ouvem a palavra, aceitam-na e dão uma colheita de trinta, sessenta e até cem por um.
Marcos 4.20

Na parábola do semeador, Jesus descreve quatro solos, quatro tipos de pessoas. Os professores nos dizem, corretamente, que determinamos, pela nossa decisão, que tipo de solo somos. Continue lendo “Cem por um”