Quero conhecer Cristo

Filipenses 3.10: O Caminho se resume no conhecimento de Deus e de Cristo.

Quero conhecer Cristo, o poder da sua ressurreição e a participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte para, de alguma forma, alcançar a ressurreição dentre os mortos.
Filipenses 3.10-11

Reagindo contra uma perspectiva subjetiva do conhecimento de Deus, alguns negam que o Caminho se resume na restauração do nosso relacionamento com o Senhor. Certos grupos religiosos afirmam conhecer Deus por sentir algo no coração. Mas o coração humano engana, Jeremias 17.9. A certeza do conhecimento de Deus se baseia na revelação bíblica. Temos de escutar a Bíblia, e não o coração. Continue lendo “Quero conhecer Cristo”

‘Afasta de mim este cálice’

Marcos 14.36: A oração de Jesus no Getsêmani mostra aspectos que precisamos ter em nossas orações.

E dizia: “Aba, Pai, tudo te é possível. Afasta de mim este cálice; contudo, não seja o que eu quero, mas sim o que tu queres”. Marcos 14.36

Jesus não somente nos deu um modelo de oração, mas também serve de exemplo de como orar. Sua oração no jardim de Getsêmani mostra vários aspectos que as nossas orações precisam possuir. Continue lendo “‘Afasta de mim este cálice’”

Ação: Orar

1 Tessalonicenses 5.17: Separe tempo exclusivo para orar, e ore em todo momento.

LER: “Orem continuamente” 1Ts 5.17.

PENSAR: A constância é marca principal da oração, em nome de Cristo, Jo 15.16, no Espírito Santo, Jd 20, a favor dos santos, Ef 6.18, com fé, Tg 1.5-8, pela obra de Cristo, Lc 10.2. Inclui louvor, gratidão, súplicas, intercessões, confissão, Mt 6.5-15. A oração é para toda hora. Na oração falamos com Deus, metade de nossa conversa com ele. (Na Bíblia, ele fala conosco.) Continue lendo “Ação: Orar”

A ideia de reparar o pecado

O insensato nem pensa nessa ideia.

sacrificio-pecado

Mais fácil é fazer estrago do que fazer acerto depois. Geralmente, a pessoa se justifica para não ter que fazer reparação.

Os insensatos zombam da ideia de reparar o pecado cometido, mas a boa vontade está entre os justos.
Provérbios 14.9

“A primeira glória é a reparação dos erros”, escreveu Machado de Assis. Ele devia ter lido este versículo.

A boa vontade pode significar a aceitação da parte de Deus daqueles que buscam nele sua justiça.

Resumindo: o tolo nem pensa em acertar a sua vida com Deus. Pensa que “cada um cuida de si”. Mas o justo se dedica à piedade e obedece ao Senhor para receber o perdão e viver em plena comunhão com ele.

No ano novo, você tem planos para esta dedicação aos deveres espirituais?

Quanto o Senhor tem feito por mim, para me redimir! Que eu aplique a mim mesmo o sacrifício de Cristo pela minha obediência.

Segure essa ideia: Deus faz a parte dele (que é muito maior). Temos de fazer a nossa parte também. (Ver Gênesis 17.4, 9.)

O dia todo

A vida da fé não é composta de momentos marcantes, mas de uma vivência constante com Deus como base do nosso ser.

Não os louvores ocasionais na igreja. Não as orações que marcam momentos da nossa semana. Sim, a vivência em Deus como motivo do nosso ser. Assim pensou o salmista:

Em Deus nos gloriamos o dia todo, e sempre louvaremos o teu nome.
Salmo 44.8 BND

Fazemos de Deus o chão da nossa vida, não apenas uma parada ou outra ao longo do caminho.

Com Deus, relacionamento permanente

Sejam fortes e corajosos. Não tenham medo nem fiquem apavorados por causa delas, pois o Senhor, o seu Deus, vai com vocês; nunca os deixará, nunca os abandonará.
Deuteronômio 31.6

Há alguns anos atrás, senti profundamente a perda de uma amizade. Nem consegui explicar os eventos que levaram ao afastamento do amigo. Mas sabia que nunca mais teria o prazer daquela pessoa perto de mim. Continue lendo “Com Deus, relacionamento permanente”