Deus é a minha força

Salmo 73.26: Em Deus há tudo o que precisa e deseja.

Ainda que a minha mente e o meu corpo enfraqueçam, Deus é a minha força, ele é tudo o que sempre preciso.
Salmo 73.26 NTLH

Este salmo registra o espanto do autor com o sucesso do ímpio. Somente no templo, na presença de Deus, que ele entende que a justiça virá somente depois. Enquanto isso, ele encontra em Deus tudo o que precisa e deseja. Continue lendo “Deus é a minha força”

Venham!

Salmo 95.1: Um convite, um louvor, um reconhecimento.

Venham! Cantemos ao Senhor com alegria! Aclamemos a Rocha da nossa salvação. Sl 95.1

Um convite. O Senhor não nos força a nada. Ele e seu povo convidam. O convite é para desfrutar a alegria no Senhor. Não se faz conversão a ponto da espada, nem se torce o braço para viver ao lado do Criador. Insista, sim, com ternura, com alegria, com amor. Venham! Por que ficar do lado de fora? Por que se priva da presença de Deus, da alegria do seu povo, da comunhão alegre e carinhosa que nos aguarda? Continue lendo “Venham!”

Terá sempre onde morar

Salmo 37.27: Olhe além do momento.

Desvie-se do mal e faça o bem; e você terá sempre onde morar. Salmo 37.27

Uma câmera capta um único momento dentro do tempo e nos apresenta a cena daquele segundo. Às vezes, registra uma expressão facial ou gesto estranho que normalmente não teríamos notado na correnteza dos movimentos. Continue lendo “Terá sempre onde morar”

Santo e temível é o nome de Deus

Salmo 111.9: Nas suas obras e palavras Deus inspira temor.

Ele trouxe redenção ao seu povo e firmou a sua aliança para sempre. Santo e temível é o seu nome!
Salmo 111.9

Este salmo de sabedoria é um acróstico, junto com o 112. O salmo reconhece a grandeza dos feitos maravilhosos de Deus, bem como os seus preceitos, v. 7. Estes “devem ser cumpridos com verdade e honestidade” v. 8b VFL. Continue lendo “Santo e temível é o nome de Deus”

Alegrei-me com eles

Salmo 122.1: Três aspectos importantes do relacionamento com Deus

Alegrei-me com os que me disseram: “Vamos à casa do Senhor!”
Salmo 122.1

O autor do salmo conhecia o valor de estar na presença de Deus junto com o povo de Deus. Para estar dentro do “local”, v. 2, onde Deus edificou sua habitação, v. 3, para orar e louvar a Deus, vv. 4-9, é uma grande alegria. Continue lendo “Alegrei-me com eles”

Não esperaram para saber

Salmo 106.13: Quanto tempo você leva para esquecer?

Mas logo se esqueceram do que ele tinha feito e não esperaram para saber o seu plano. Salmo 106.13

No Mar Vermelho, os israelitas viram o que Deus fez para salvá-los. Assim, “creram nas suas promessas e a ele cantaram louvores” v. 12. Mas, ao encarar o deserto, perderam a sua fé. Logo se esqueceram. Não demorou muito. Era só virar, com o mar pelas costas e o deserto pela frente, e a mente deles se tornou incrédula. Continue lendo “Não esperaram para saber”

Seu poder salvador

Salmo 78.22: Teremos a mesma falta de confiança em Deus?

pois eles não creram em Deus
nem confiaram no seu poder salvador.
Salmo 78.22

Israel presenciou as dez pragas no Egito. Viu Deus salvar o povo partindo as águas do Mar Vermelho e destruindo o exército de faraó. Celebrou a vitória com grande júbilo. Mas durou pouco. Continue lendo “Seu poder salvador”

Pecados que eu cometo sem saber

Salmo 19.12: A ignorância que não condena.

Quem pode conhecer todos os seus erros?
Perdoe os pecados que eu cometo sem saber.
Salmo 19.12 VFL

Somente Deus é onisciente. Não podemos nos conhecer a nós mesmos por completo. Precisamos da sua direção e discernimento, vv. 7-11. A lei de Deus nos informa e identifica em nós as faltas. É importante saber o que não sabemos. Continue lendo “Pecados que eu cometo sem saber”

O Senhor ouvirá

Salmo 4.3: Davi não corre dos inimigos; ele os encara.

Saibam que o Senhor escolheu o piedoso; o Senhor ouvirá quando eu o invocar”.
Salmo 4.3

O piedoso é quem coloca sua confiança no Senhor e não no homem e nem nos ídolos. Aqui, Davi não está se gabando da sua justiça ao se chamar de piedoso; ele proclama sua dependência de Deus. Continue lendo “O Senhor ouvirá”

Durmo bem, acordo disposto

Salmo 3.5: Deus cuida dos nossos problemas, nós ficamos em paz.

Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque é o Senhor que me sustém.
Salmo 3.5

Caio facilmente no sono. Desde criança, fui ensinado a orar antes de dormir e colocar minhas preocupações nas mãos de Deus. Mas a vida adulta traz novos desafios para a fé. A simplicidade infantil fica mais difícil de manter. Continue lendo “Durmo bem, acordo disposto”