‘Pensaram que haviam obtido o que desejavam’

Atos 27.13: Enganam também as circunstâncias.

Não somente enganam as aparências como também as circunstâncias. Interpretamos momentos como sendo favoráveis aos nossos planos, para logo enfrentar a tempestade que tudo destrói. Continue lendo “‘Pensaram que haviam obtido o que desejavam’”

Ação: Alegrar-se

Lucas 10.20: Decida ser alegre, sem preocupações ou frustrações na fé.

LER: “Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus” Lc 10.20.

PENSAR: O santo se alegra na salvação eterna, e na participação nos sofrimentos de Cristo, Mt 5.10-12; At 5.41; Hb 10.34; 1Pd 4.13. Ela supera a circunstância passageira. As provações são motivo de alegria, Tg 1.2-4. Ela é contagiosa, Rm 12.15. Com tantos lembretes na Bíblia, parece que nos esquecemos facilmente da alegria. Alegria celeste sobre o arrependimento deve ser também alegria nossa, Lc 15. Continue lendo “Ação: Alegrar-se”

Ação: Obedecer

1 Pedro 1.22: A obediência contínua é necessária para a salvação.

LER: “Vocês purificaram a sua vida pela obediência à verdade” 1Pd 1.22.

PENSAR: Obedecer à verdade é o mesmo de obedecer ao Senhor Jesus, Mt 7.21. Essa verdade foi revelada nas Escrituras. Tal obediência purifica a alma dos pecados, o que significa a redenção, Ef 1.7. A salvação eterna é para quem obedece Jesus, Hb 5.9. A fé sem a obediência é inútil para a justificação, Tg 2.14-26. Continue lendo “Ação: Obedecer”

Ação: Ouvir

Mateus 15.10: Podemos e devemos ouvir e entender a palavra de Cristo.

LER: “Jesus chamou para junto de si a multidão e disse: ‘Ouçam e entendam’” Mateus 15.10.

PENSAR: Sem ouvir a Boa Nova, não há salvação. É possível ouvir e entender. Não é difícil demais. Jesus fala a mensagem à multidão. É para todos ouvirem, e não um grupo seleto. Todos temos a responsabilidade de ouvir e entender. Seremos julgados pelo ouvir. Continue lendo “Ação: Ouvir”

Ação: Saber

Marcos 16.16: Podemos saber com certeza sobre a salvação

Nota: Nas próximas semanas, faremos neste espaço a série: “52 ações do discípulo de Cristo”. Que seja instrutivo e edificante para você.

LER: “Quem crer e for imerso será salvo” Marcos 16.16 BND.

PENSAR: Quem obedecer ao mandamento do Senhor Jesus sabe que está salvo, conforme a sua promessa. A salvação se baseia, não nos sentimentos, mas na realidade da sua oferta e na possibilidade de verificarmos se somos salvos ou não. Ver 1 João 5.13. Podemos ter certeza da salvação quando obedecemos conforme Jesus ordenou.

AGIR: Verificar se entendi o que eu fiz para receber de Cristo a salvação e comparar com o ensino bíblico.

ORAR: Pai celestial, obrigado pela minha salvação e pela clareza do que é necessário para recebê-la.

PERGUNTAR: Quem mais precisa saber sobre a salvação?

Se, a fim de comparar o que fez no princípio para receber o evangelho, você gostaria de receber uma série de perguntas de avaliação, favor nos enviar email para saber@simples.fastmail.fm.

Salvação confirmada pelos milagres uma vez por todas

Hebreus 2.3b-4: Nas Escrituras, a mensagem e sua confirmação.

Quando viajamos, a nossa agente de viagem sempre reconfirma conosco o voo de retorno. Às vezes, as companhias aéreas mudam os voos e por isso se torna necessária a reconfirmação.

No caso da confirmação divina, porém, não há necessidade de ficar reconfirmando a veracidade e a origem da mensagem da salvação. Continue lendo “Salvação confirmada pelos milagres uma vez por todas”

Sobraram somente Noé na arca e sua família

Gênesis 7.23: Aprendamos da experiência de Noé: Sejamos salvos.

As coisas de antigamente foram escritas para nossa aprendizagem, disse o apóstolo Paulo. O Dilúvio foi evento único do julgamento de Deus. No fim dos tempos, haverá outro julgamento, o dia em que todos os homens aparecerão perante o Senhor para dar satisfação pelos seus atos. O que podemos aprender de Noé? Continue lendo “Sobraram somente Noé na arca e sua família”

Alcançando a glória de Cristo

2 Tessalonicenses 2.14: O processo já começou. Esta visão traz prazer.

Falamos da vida, em geral, em termos de conquistar desafios, alcançar metas, conseguir empregos ou bolsas de estudo, assumir responsabilidades ou compromissos. No âmbito espiritual, pode-se resumir o grande objetivo de vida como o alcançar a glória de Cristo. Continue lendo “Alcançando a glória de Cristo”