O versículo mais positivo do capítulo

Escolhi e posso provar!

auto-disciplinaQual o versículo mais positivo de 1 Coríntios 9? A pergunta é subjetiva, cada um pode escolher o seu, mas achei o meu no final do capítulo. Na discussão a respeito de sustento dos “que administram as coisas sagradas”, Paulo a conclui com esta afirmação.

Trato com dureza o meu corpo e o submeto, para não acontecer que eu proclame a mensagem aos outros, e eu mesmo venha a ser reprovado.
1 Coríntios 9.27 EP

Ué, o versículo mais positivo é este, você pergunta? Veja por quê:

Usando a figura do esporte competitivo, Paulo deixa claro que recusa a receber sustento financeira da igreja em Corinto como um dos meios pelos quais ele se disciplina a si próprio. Assim, ele exerce sua liberdade, pela disciplina. Desta forma, ele tem mais opções no seu serviço a Cristo. Positivo, não?

Por esta disciplina, também, ele se faz tudo para com todos, para ganhar o maior número de pessoas possível. Há ligação, portanto, entre o evangelismo e a disciplina. (Talvez  por isso não haja mais evangelismo na igreja, hein?) Ele consegue alcançar mais pessoas pela disciplina. Também positivo, não é?

Esta disciplina faz com que ele mesmo seja salvo. Por meio da disciplina, Paulo aplica as verdades do evangelho à sua vida. A submissão do corpo ao senhorio de Cristo alinha sua vida com a esperança eterna. O que pode ser mais positivo do que isso?

Por último, Paulo se coloca como exemplo a ser imitado. Que maravilha tratar sua própria vida e seu próprio corpo de tal modo a poder oferecer-se como modelo aos outros! Tudo de positivo aqui!

Eu te convenci ainda?

Deus Pai, que eu encontre a força para disciplinar o corpo e a mente, os pensamentos e as atitudes, para que Cristo seja evidente em mim, e eu aplique na vida os grandes princípios e verdades que conduzem ao lar eterno.

Deus concede a vida de todos

Deus abençoa muitos por causa de um justo.

Deus salvou 276 vidasSomente na eternidade se revelará o bem que foi feito nesse mundo por causa das ações e das orações dos fiéis. Por causa de Paulo, o Senhor salvou a vida das 276 pessoas a bordo do navio em que ele estava. Ele disse:

Apesar disso, aconselho que vocês sejam corajosos, porque ninguém de vocês vai morrer: só perderão o navio. Esta noite me apareceu um anjo do Deus ao qual pertenço e a quem adoro. O anjo me disse: ‘Não tenha medo, Paulo. Você deve comparecer diante de César. E Deus concede a você a vida de todos os seus companheiros de viagem’.
Atos 27.22-24 EP

Nenhuma oração de Paulo é mencionada, então, pode ser que ou por causa das suas orações, ou por causa da sua missão de pregar em Roma e da sua presença no navio, que o Senhor “deu” a Paulo a vida das pessoas junto com ele. De qualquer forma, foi por causa de Paulo que o Senhor agiu a favor dessas pessoas.

Paulo ficou sabendo da ação salvadora de Deus naquele momento por meio de uma visão do anjo. Hoje, Deus continua agindo, mas nem sempre sabemos como o Senhor está fazendo para impedir o mal e criar no nosso meio o bem. Mas pela fé confiamos que faz e vemos alguns vestígios da sua mão entre nós.

Que dia glorioso será quando ouvirmos, na eternidade, as muitas histórias, contadas depois dos fatos, da ação de Deus para salvar vidas e almas, que por nós passa despercebida nesta vida!

 

Briga feia, com razão

Quando se trata da salvação, é coisa séria.

Desde os primeiros dias do evangelho, há pessoas que modificam as exigências para a salvação, ou acrescentando ou retirando condições necessárias. Um grupo não autorizado saiu de Jerusalém e perturbou a igreja em Antioquia:

Alguns homens desceram da Judéia para Antioquia e passaram a ensinar aos irmãos: “Se vocês não forem circuncidados conforme o costume ensinado por Moisés, não poderão ser salvos”.
Atos 15.1 NVI

Quando se trata da salvação, é coisa séria. A discussão não foi pequena. Paulo e Barnabé brigaram feio com os homens que assim ensinaram (verso 2). A disputa levou a uma reunião de todos os irmãos em Jerusalém.

Quando introduzem ideias diversas além do que está escrito na Palavra de Deus a respeito da salvação, não pode haver consentimento nem silêncio. Paulo e Barnabé acertaram ao impedirem que esta falsa doutrina tivesse espaço entre os irmãos em Antioquia.

Faremos bem seguindo o exemplo deles.

Para um bom estudo das exigências da salvação, veja “Alguns minutos com quem te ama“.

Quem crer e for batizado

LEITURA DE HOJE: MARCOS 16

Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.
Marcos 16.16 NVI

Mais clara afirmação não podia ser feita, como esta feita pelo Senhor na Grande Comissão no final do livro de Marcos.

Tão simples como 1 + 1 = 2, ele diz que a fé e o batismo são necessários para a salvação. Continue lendo “Quem crer e for batizado”

Ele entrou

Não por meio de sangue de bodes e novilhos, mas pelo seu próprio sangue, ele entrou no Santo dos Santos, de uma vez por todas, e obteve eterna redenção.
Hebreus 9.12

O autor de Hebreus usa o sistema sacerdotal e o templo dos judeus para explicar o que Jesus realizou com a sua morte. Continue lendo “Ele entrou”

Capaz de salvar definitivamente

Não precisa de prorrogação, pois tem validade eterna.

Portanto, ele [Jesus] é capaz de salvar definitivamente aqueles que, por meio dele, aproximam-se de Deus, pois vive sempre para interceder por eles.
Hebreus 7.25-26

Jesus salva quando nos aproximamos de Deus por meio dele. Sua salvação é definitiva, pois seu sacrifí­cio foi uma vez por todas e, diferente dos sacerdotes da lei mosaica, ele não morre nunca mais.

Jesus é capaz e sua morte mostrou que estava em controle do seu destino, pois morreu para cumprir a vontade do seu Pai. Sua ressurreição demonstrou sua vitória sobre a morte.

Esta sua salvação não precisa de mediação, pois ele é o mediador. Não precisa de prorrogação, pois tem validade eterna. Nem precisa de méritos a mais, pois ela é definitiva.

Só precisa de ser obedecida.