Uma vez, e a segunda

Hebreus 9.27-28: Uma morte resolve nosso pecado, mas haverá mais uma vinda do Senhor.

Da mesma forma, como o homem está destinado a morrer uma só vez e depois disso enfrentar o juízo, assim também Cristo foi oferecido em sacrifício uma única vez, para tirar os pecados de muitos; e aparecerá segunda vez, não para tirar o pecado, mas para trazer salvação aos que o aguardam. Hebreus 9.27-28

O autor faz uma analogia entre a morte única do homem e a de Cristo. Toma como certo que o ser humano morre uma única vez. Não volta à terra. Depois da sua morte, resta apenas o juízo final. (Acaba com a ideia de vidas múltiplas na terra.) Continue lendo “Uma vez, e a segunda”

Ação: Esperar

Filipenses 3.20: Faça tudo na expectativa de Cristo voltar hoje.

LER: “A nossa cidadania, porém, está nos céus, de onde esperamos ansiosamente o Salvador, o Senhor Jesus Cristo” Fp 3.20.

PENSAR: A cidadania celestial segue um padrão, 3.17, que todos devem reconhecer, 3.15, em contraste com a vida dos inimigos de Cristo, 3.18, cujo destino é a perdição, 3.19. Mas nós agimos de forma diferente, e esperamos a salvação na vinda de Cristo, pois nossa esperança está na pessoa de Cristo e envolve transformação dos nossos corpos, 3.21. Tal esperança reconhece o propósito da sua segunda vinda, Hb 9.28. Continue lendo “Ação: Esperar”

Felizes os que obedecem

É profecia, é História, é oração.

vinda de CristoO livro de Apocalipse abriu com uma bênção sobre o leitor e ouvinte do livro. Agora, termina com uma bênção sobre os que obedecem suas palavras. Acaba sendo a mesma bênção.

— Escutem! — diz Jesus. — Eu venho logo! Felizes os que obedecem às palavras proféticas deste livro!
Apocalipse 22.7 NTLH

O livro também termina com o convite triplo: “Venha!” (verso 17). Jesus convida ao seguimento fiel, face à perseguição, mas com sua vinda iminente como promessa. E com sua vinda, vitória.

O grande protagonista da História não é algum líder mundial, algum imperador ou ditador ou presidente, mas sim o Senhor Jesus Cristo. Quem muda a história é Jesus. Quem determina o final, que será feliz para os fiéis, é Jesus. Quem escreve o livro que abre cada passo para o futuro é Jesus.

Por isso, a oração que sempre passa pelos lábios dos felizes por causa do Senhor é: “Vem, Senhor Jesus!” (verso 20).

Justo da parte de Deus

É justo da parte de Deus retribuir com tribulação aos que lhes causam tribulação, e dar alívio a vocês, que estão sendo atribulados, e a nós também. Isso acontecerá quando o Senhor Jesus for revelado lá dos céus, com os seus anjos poderosos, em meio a chamas flamejantes.
2 Tessalonicenses 1.6 NVI

O inferno é uma consequência necessária da justiça de Deus. Nesse mundo não há justiça entre os homens e Deus aguarda o fim para exercer a sua justiça. Não devemos esperar justiça nesse mundo da parte dos outros (embora devamos ser justos), mas os discípulos esperam a vinda de Cristo para que sejam confortados e aliviados das suas provações. Continue lendo “Justo da parte de Deus”

O dia do Senhor vem

Irmãos, quanto aos tempos e épocas, não precisamos escrever-lhes, pois vocês mesmos sabem perfeitamente que o dia do Senhor virá como ladrão à noite.
1 Tessalonicenses 5.1-2 NVI

Quando alguém estabelece uma data para a segunda volta de Cristo, pode saber de imediato que é falso profeta. Pois o Novo Testamento ensina que ninguém sabe da hora da sua vinda. Continue lendo “O dia do Senhor vem”