Agora mesmo — saiba sem evidência concreta

Jó 16.19: Tenha a certeza de Jó para o momento da dificuldade.

O que você sabe, sem sombra de dúvida, segura você nos momentos em que suas emoções o jogam nas profundezas escuras. A mente tem poder sobre o sentimento.

Saibam que agora mesmo
    a minha testemunha está nos céus;
nas alturas está o meu advogado.
Jó 16.19

Jó tinha certeza de que Deus estava vendo sua situação, estava do seu lado e estava trabalhando a seu favor. Por mais que ele sofria, ele não perdeu a razão.

Continue lendo “Agora mesmo — saiba sem evidência concreta”

‘Pensaram que haviam obtido o que desejavam’

Atos 27.13: Enganam também as circunstâncias.

Não somente enganam as aparências como também as circunstâncias. Interpretamos momentos como sendo favoráveis aos nossos planos, para logo enfrentar a tempestade que tudo destrói. Continue lendo “‘Pensaram que haviam obtido o que desejavam’”

Ação: Sofrer

Filipenses 1.29: Proclame Jesus a todos e espere reações.

LER: “Pois a vocês foi dado o privilégio de não apenas crer em Cristo, mas também de sofrer por ele” Fp 1.29.

PENSAR: Sofrer por Cristo é experiência tão básica para o discípulo, como a de crer nele. Privilégio traduz o verbo conceder graça (ver ARA, TEB), ato positivo da parte de Deus. Quem foge do sofrimento pelo reino foge do discipulado, 1Pd 2.21ss. Sofrer como cristão é nossa glória, 1Pd 4.12-19. Quem deixa de confessar/pregar Cristo por medo da perseguição não será confessado por ele no juízo, Mt 10.21-39. Continue lendo “Ação: Sofrer”

Ação: Alegrar-se

Lucas 10.20: Decida ser alegre, sem preocupações ou frustrações na fé.

LER: “Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus” Lc 10.20.

PENSAR: O santo se alegra na salvação eterna, e na participação nos sofrimentos de Cristo, Mt 5.10-12; At 5.41; Hb 10.34; 1Pd 4.13. Ela supera a circunstância passageira. As provações são motivo de alegria, Tg 1.2-4. Ela é contagiosa, Rm 12.15. Com tantos lembretes na Bíblia, parece que nos esquecemos facilmente da alegria. Alegria celeste sobre o arrependimento deve ser também alegria nossa, Lc 15. Continue lendo “Ação: Alegrar-se”

Pensei: O Senhor se esqueceu de mim!

Salmo 31.22: Será que Deus nos abandona nas dificuldades?

Quando a vida aperta, tendemos a pensar que Deus não está mais conosco. Que ideia besta! O problema é nosso conceito sobre o que Deus pretende fazer nesta vida conosco. Mas não seremos os primeiros a pensar dessa forma: Continue lendo “Pensei: O Senhor se esqueceu de mim!”

A voz da experiência

Salmo 30.4-5: É bom aprender da experiência alheia.

voice-experienceA voz da experiência. Bom é aprender da experiência dos outros, quando esta reflete a disciplina da parte do Senhor.

Cantem louvores ao Senhor,
vocês, os seus fiéis;
louvem o seu santo nome.
Pois a sua ira só dura um instante,
mas o seu favor dura a vida toda;
o choro pode persistir uma noite,
mas de manhã irrompe a alegria.
Salmo 30.4-5

O autor sentiu muito seguro nas suas bênçãos recebidas de Deus. “Jamais serei abalado!” disse ele, v. 6. Mas e quando se perde algo da vida? Continue lendo “A voz da experiência”

Fizeram grande lamentação sobre Estêvâo

Atos 8.1-2: Enquanto lamentamos, Deus trabalha.

Os porquês não pertencem ao homem, mas sim a Deus. Nossa visão restrita questiona o Todo-Poderoso, mas seu plano é muito maior do que um lugar ou morte ou tempestade ou perseguição específica.

Naquele dia levantou-se grande perseguição contra a igreja que estava em Jerusalém; e todos exceto os apóstolos, foram dispersos pelas regiões da Judéia e da Samaria. E alguns homens piedosos sepultaram a Estêvão, e fizeram grande lamentação sobre ele.
Atos 8.1-2

Os homens piediosos que lamentaram sobre Estêvão tinham olhos somente para o homem morto na sua frente. Viram apenas desastre. Sentiram apenas a perda deste grande homem de Deus.

Não sonharam, e nem podiam, que a perseguição que começou naquele dia resultaria na evangelização da Judeia e Samaria. Não tinham ideia que o esvaziamento de Jerusalém, deixando apenas os apóstolos na cidade santa, começaria finalmente a cumprir o propósito divino de estender o evangelho aos quatro cantos da terra.

Ó Deus, como somos pequenos, como somos limitados pelo que vemos na nossa frente, como nos apressamos a render a nossa fé na soberania do Criador! Perdoe-nos e renove a nossa visão do seu plano imenso.

Segure essa ideia: Além da nossa presente dor, / Deus faz brotar a linda flor.