Nem Jesus é o que parece

Não se deixe enganar pela condição humana de Jesus.

Nem tudo é o que parece. Nem tudo o que reluz é ouro. E nem todo ouro reluz a toda hora. Assim foi Jesus.

“(…) tudo sujeitaste debaixo dos seus pés”. Ao lhe sujeitar todas as coisas, nada deixou que não lhe estivesse sujeito. Agora, porém, ainda não vemos que todas as coisas lhe estejam sujeitas. Vemos, todavia, aquele que por um pouco foi feito menor do que os anjos, Jesus, coroado de honra e glória por ter sofrido a morte, para que, pela graça de Deus, em favor de todos, experimentasse a morte.
Hebreus 2.8-9 NVI

No capítulo 2, o autor explica por que Jesus se tornou ser humano. Se ele é superior aos anjos, por que então ele se tornou homem? Ele responde ao que podia ser uma dúvida de parte de seus leitores.

Como homem, a divindade de Jesus (1.3) não aparecia. Mas ele se tornou homem para cumprir a missão do Pai, a de experimentar a morte por todos. Nessa condição, não se vê sua supremacia, mas tem sido coroado de honra e glória ao direito de Deus.

Não se deixe enganar pela condição humana de Jesus. Ele chegou até a glória pelo caminho do sofrimento.

E não será diferente para nós.

O bem-intencionado pode atrapalhar

Faça a vontade de Deus.

Bem intencionado. Corajoso. Obsequioso. Tem gente que vai tentar proteger você (talvez os pais!). Vão iniciar uma intervenção para que não aconteça o mal. Pensam em fazer o melhor para você, inclusive para a sua fé.

Mas Jesus disse a Pedro: —Guarde a sua espada! Por acaso você pensa que eu não vou beber o cálice de sofrimento que o Pai me deu?
João 18.11 NTLH

Assim fez Pedro por Jesus. O apóstolo pensava estar agindo para o bem de Jesus. Mas nosso Senhor estava indo para a Cruz, exatamente conforme tinha planejado, pois assumira a vontade de Deus.

Não deixe que ninguém o poupe de sofrer pelo reino de Deus.

 

Grande alegria

Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações.
Tiago 1.2

Tiago começa já virando o mundo de ponta-cabeça. As filosofias e as idéias populares encaram as dificuldades e o sofrimento como sendo negativos, maus, desvantajosos. Continue lendo “Grande alegria”

Momentâneo

[P]ois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles.
2 Coríntios 4.17

Quando eu era criança, parecia que o tempo não passava. Especialmente quando eu tinha de sentar-me na sala de estar com os adultos para conversar, ao invés de estar fora de casa brincando. Continue lendo “Momentâneo”