Uma fruta estragada

A sã doutrina e a unidade, estas Deus preza.

DisciplinaUma fruta estragada estraga as outras. Por isso, separamo-na das outras logo para evitar maior estrago. O mesmo princípio funciona na igreja.

Se uma pessoa causar divisões entre os irmãos na fé, aconselhe essa pessoa uma ou duas vezes; mas depois disso não tenha nada mais a ver com ela. Pois você sabe que uma pessoa como esta abandonou completamente o evangelho, e os seus pecados provam que ela está errada.
Tito 3.10-11 NTLH

Tem gente que gosta de ficar discutindo a natureza da divisão, se uma pessoa é facciosa ou não, se suas atitudes são ou não causadoras de divisão. Paulo sabe que não é difícil identificar tanto a divisão como a pessoa facciosa. Não tem que ser um gênio para saber!

Nossa tendência é querer dar mais chances, ser pacientes, trabalhar mais com a pessoa, dar um tempo para a pessoa se amadurecer, mas a Escritura é clara: Depois de duas advertências, fora! O faccioso deve ser tratado como alguém que não pertence mais ao corpo de Cristo.

O caráter (“pervertida”, ARA) e a conduta (“vive pecando”, ARA) de tal pessoa comprovam a necessidade de tomar medidas que à primeira vista parecem severas, mas se tornam obrigatórias pelo perigo que apresenta sua ação no meio da igreja.

Isso porque a divisão na igreja é uma das transgressões mais sérias aos olhos de Deus.

O entusiasmo do torcedor

A Bíblia recomenda o entusiasmo do torcedor.

zeloJá sentiu que o fanatismo é qualidade reprovável em tudo, menos o futebol? O torcedor se entusiasma com o time em época de sucesso ou de derrota, não perca um jogo sequer, e veste a camisa a todo momento.

Ele se entregou a si mesmo por nós, para nos resgatar de toda iniqüidade e para purificar um povo que lhe pertence, e que seja zeloso nas boas obras.
Tito 2.14 EP

Tal entusiasmo na Bíblia pelas coisas de Deus se chama “zelo”. Combina os sentimentos calorosos e intensos com a atividade assídua pelo obra de Deus. (No reino, não só torce, mas faz.)

As boas obras são aquelas que Deus define como sendo boas, não pelas ideias humanas. A igreja pertence ao Senhor, então, ele é quem a direciona para o bem.

A vantagem que o cristão tem sobre o torcedor de futebol: Seu treinador nunca teve um time perdedor.

Nosso produto como cristãos

Precisamos desta clareza, deste foco.

FéAs montadoras de automóveis produzem carros. Profissionais da saúde trabalham para o bem-estar físico de seus pacientes. Mas e os cristãos? Qual o seu produto?

Paulo, servo de Deus, apóstolo de Jesus Cristo para levar os escolhidos de Deus à fé e ao conhecimento daquela verdade que conduz à piedade.
Tito 1.1 EP

A fé. Cada discípulo se esforça para produzir nos outros um relacionamento com Deus, uma vida que reflete a realidade da sua presença conosco.

Cada palavra e ato procura incutir nos outros a dedicação e a devoção ao Senhor como alvo da vida. O método, a proclamação da verdade.

Você, então, trabalha para qual produto hoje?