Que se ofendam

Mateus 15.12-13: Será rejeitado quem rejeita o ensino de Jesus.

Então os discípulos se aproximaram dele e perguntaram: “Sabes que os fariseus ficaram ofendidos quando ouviram isso?” Ele respondeu: “Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada pelas raízes. Deixem-nos; eles são guias cegos. Se um cego conduzir outro cego, ambos cairão num buraco”.
Mateus 15.13-15

Mostrando sua natureza humana em não querer ofender os outros, os discípulos se manifestaram ao Senhor quando ele desafiou o conceito popular da impureza e ensinou a verdade sobre o coração. Mas Jesus não ia mudar em nada seu ensino. Recusou a considerar a pergunta dos discípulos. De certa forma, respondeu assim: Então, que eles se ofendam. Continue lendo “Que se ofendam”

A graça de Deus em toda a sua verdade

Colossenses 1.6: Existe a graça de Deus porque existe toda a verdade de Deus.

Por todo o mundo este evangelho vai frutificando e crescendo, como também ocorre entre vocês, desde o dia em que o ouviram e entenderam a graça de Deus em toda a sua verdade.
Colossenses 1.6

O evangelho trata de Jesus. É conteúdo e comunicação, o poder de Deus para a salvação, “palavra da verdade” v. 5. Como comunicação, a Boa Nova tem de ser ouvida e compreendida. Qualquer um pode comunicá-la. Os colossenses o aprenderam de Epafras, v. 7. Não é preciso ser apóstolo para transmiti-la. Continue lendo “A graça de Deus em toda a sua verdade”

Jesus fala a verdade

Lucas 4.24: Jesus nunca pensou em preservar a boa opinião dos outros a seu respeito.

Continuou ele: “Digo-lhes a verdade: Nenhum profeta é aceito em sua terra”. Lucas 4.24

No início do ministério de Jesus, todos falavam bem dele e de seu ensino. Todos o elogiavam. Mas quando veio a hora, num sábado na sinagoga, de ele ler as Escrituras e de aplicá-las aos seus ouvintes—na sua própria cidade—ele lhes falou a verdade que mais precisavam ouvir. Assim, ficaram enfurecidos e tentaram matá-lo. Continue lendo “Jesus fala a verdade”

Por esta razão nasci

João 18.37: Jesus veio à terra com propósito de vida já estabelecido.

Em algumas sociedades, um recém-nascido não recebe nome até crescer, para ver que tipo de pessoa será. O nome dado reflete o caráter da criança.

Jesus não somente tinha nome antes de nascer, mas tinha também uma razão de nascer, que precedeu sua vinda. Os judeus o entregaram ao governador Pilatos para receber condenação. Na conversa entre os dois, Jesus revela quem é e o que veio realizar. Continue lendo “Por esta razão nasci”

Alguém busca a verdade?

Jeremias 5.1: Hoje não é tão ruim quanto no dia de Jeremias, mas quase!

Percorram as ruas de Jerusalém, olhem e observem. Procurem em suas praças para ver se podem encontrar alguém que aja com honestidade e que busque a verdade. Então eu perdoarei a cidade. —Jeremias 5.1

Nos tempos do profeta Jeremias, quando o povo de Israel se desviava do caminho do Senhor e adorava falsos deuses, estava difícil encontrar alguém que seguia a lei e buscava a verdade. Continue lendo “Alguém busca a verdade?”

O que Deus procura

João 4.23-24: O Senhor é bem específico quanto ao que procura.

No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. —João 4.23-24

O Pai procura. Sua procura possui a qualidade de uma demanda (gr., zeteo, BGAD). Ele nos dá uma adoração necessária, a “obrigatoriedade de lei” (gr., dei, BGAD). Não é opcional nossa maneira de adorá-lo. Temos de fazer conforme seu mandamento. São estes adoradores que ele considera aceitáveis. Muitos o adoram seguindo seus próprios conceitos ou criando ritos estranhos à sua natureza e vontade. Tais adorações não são aceitas por ele. Continue lendo “O que Deus procura”

Os obedientes lutam contra os ímpios

Provérbios 28.4: Quem deixa de lutar desiste da verdade.

Queiramos ou não, quando resolvemos seguir a verdade do Caminho de Cristo, encontraremos conflito. Não é algo de que devemos correr. Pelo contrário, devemos nos engajar com todas as forças pelo bem. Continue lendo “Os obedientes lutam contra os ímpios”

Lutando juntos numa só alma

Filipenses 1.27: Unidade se expressa na luta pela fé.

Muitas religiões promovem a unidade de diversidade, a de deixar cada um crer e fazer o que quer. Conforme a vontade de Cristo, porém, somente existe unidade entre nós quando lutamos pela Boa Nova de Cristo. Continue lendo “Lutando juntos numa só alma”

Ação: Manejar

2 Timóteo 2.15: Ensine a palavra da verdade com exatidão.

LER: “Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade” 2Tm 2.15.

PENSAR: O manejo correto da palavra poupa o discípulo da vergonha e permite que ele seja por Deus aprovado. Ajuda-o a evitar também envolvimento em discussões e conversas inúteis, vv. 14, 16. Manejar é mais do que ler: significa um estudo cuidadoso para chegar à compreensão correta que permite comunicar “com exatidão” (CNBB). Continue lendo “Ação: Manejar”