Procurem as coisas que são do alto

Colossenses 3.1: A vida em Cristo não é passiva.

Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. —Colossenses 3.1

Quando obedecemos à Boa Nova, Deus nos coloca junto com Cristo. Na imersão somos ressuscitados com Cristo e ele nos dá a vida. No verso acima, Paulo quer que vivamos à altura da vida que nos é dada. Esta “altura” está no nível de Deus. Continue lendo “Procurem as coisas que são do alto”

Quem quer viver uma vida de pensamentos inúteis?

Efésios 4.17: O cristão vive de forma diferente.

Há um caminho cuja direção e atividade produzem na vida de quem o segue somente coisas positivas, um caminho bem sinalizado. Continue lendo “Quem quer viver uma vida de pensamentos inúteis?”

Consciência limpa perante a ressurreição

Atos 24.15-16: O juízo motiva para a vida correta.

juizo

As motivações são muitas para a vida em Cristo. Uma forte motivação é o retorno de Cristo e o juízo final. Paulo indicou tal em seu sermão perante o governador Félix: Continue lendo “Consciência limpa perante a ressurreição”

A coisa funciona assim

2 Timóteo 2.22: A virtude se desenvolve em comunidade.

A retidão e a virtude pessoal não se desenvolvem sozinhas. Precisamos da ajuda dos santos na comunidade dos fiéis.

Evite as paixões da mocidade. Procure viver uma vida reta, com fé, amor e paz, junto com todos os que de coração puro invocam ao Senhor.
2 Timóteo 2.22 VFL

Igreja é para nós, igreja é para eles. Nela, chegamos a ser o que devemos, nela trabalhamos para que os de fora entrem para dentro de Cristo.

Não espere mudar sua vida para depois participar da igreja.

A coisa não funciona deste jeito.

Ensino atraente

A religião divina também é bonita.

Deus faz as coisas bonitas. A criação nos deixa maravilhados com o toque da sua mão. Não é de se admirar que a religião divina também é coisa atraente.

Ensine os escravos a se submeterem em tudo a seus senhores, a procurarem agradá-los, a não serem respondões e a não roubá-los, mas a mostrarem que são inteiramente dignos de confiança, para que assim tornem atraente, em tudo, o ensino de Deus, nosso Salvador.
—Tito 2.9-10 NVI

O que faz o ensino de Deus atraente?

1. A prática. Muitas doutrinas humanas são atraentes, mas impraticáveis. O ensino de Deus pode e deve ser praticado. Este foi nos dado para ser vivido.

2. A coerência. Até os pagãos apreciam a integridade. A hipocrisia é universalmente condenada. Coerência é concordância entre doutrina e vida. Paulo quer ver a beleza do ensino “em tudo”.

3. A esperança. O ensino de Deus é atraente porque resgata até as situações mais desesperadoras, como a da escravidão. Com Deus, pode-se ter atitudes de fé e esperança, porque ele trabalha nas circunstâncias mais difíceis.

Deus transformador, dou graças pelo seu poder e pela seu amor que resgatam as nossas vidas e as tornam em atrativos para o evangelho.

Segure este pensamento: Nada mais bonito do que uma vida possuída por Cristo.

Que nenhum se perca

O que o Pai quer, os filhos devem trabalhar a favor.

vontade de DeusNinguém é indispensável, mas para Deus cada um é desejável, ou seja, ele tem prazer em todos os seus filhos, mesmo os menos reconhecidos e os mais humildes.

Da mesma forma, o Pai de vocês também não quer que nenhum destes pequeninos se perca.
Mateus 18.14 VFL

Como o quarto bloco maior de discursos, o capítulo 18 do evangelho de Mateus diz respeito a vida na comunidade dos cristãos. Esta vida se rege pelos desejos do Pai de todos. Seu desejo é que todos sejam salvos. Por isso, todo esforço é pouco para manter todos dentro da graça divina.

Com isso em mente, e com a humildade duma criança (18.1-5), cientes do grande peso do pecado (18.6-9), os cristãos fazem de tudo para recuperar o irmão que comete pecado (18.15-17).

Ninguém tem prazer, por assim dizer, de seguir o procedimento estabelecido pelo Senhor Jesus de confrontar um irmão. Mas a comunidade se sente motivada pela vontade do Pai para não perder ninguém.

Isso é o que nos leva à casa do irmaõ pecador.