Pão para sempre

Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer deste pão, viverá para sempre. Este pão é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo. João 6.51.

Compro pão da padaria com frequência. Levanto da cama e saio de carro para comprá-lo. Pão velho não serve, tem que ser fresquinho e, se quente, melhor ainda. (Se o pão tem mais do que uma hora ou duas, para mim já é pão velho.) O pão é símbolo da vida. É um dos elementos básicos da vida, desde o princípio até os dias de hoje. Continue lendo “Pão para sempre”

A natureza da nossa esperança

Gálatas 5.5: É isso que esperamos receber da parte de Deus.

Porque nós, pelo Espírito, aguardamos a esperança da justiça que provém da fé.
Gálatas 5.5 NAA

Entre as sete bases da unidade dos cristãos, uma é a única esperança nutrida pelo povo de Deus: “(…) a esperança para a qual vocês foram chamados é uma só” Efésios 4.4. Esta se resume bem na vida eterna, Tito 1.3; 3.7. Isto exclui esperanças da religiosidade popular para coisas materiais e físicas ou projetos sociais ou políticos. Esperamos e buscamos as coisas do alto, celestiais, Colossenses 3.1-4. Continue lendo “A natureza da nossa esperança”

Se morrer, dará muito fruto

João 12.24-25: Você já experimentou essa morte?

Digo-lhes verdadeiramente que, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, continuará ele só. Mas se morrer, dará muito fruto. Aquele que ama a sua vida, a perderá; ao passo que aquele que odeia a sua vida neste mundo, a conservará para a vida eterna.
João 12.24-25

Jesus falava às vezes usando o paradoxo. O paradoxo é uma contradição ou oposição aparente, algo que, à primeira vista, parece que não podia valer ou ser verdadeiro, mas que contém um princípio ou verdade importante. Continue lendo “Se morrer, dará muito fruto”

Enquanto eu viver

Salmo 146.2: Importa nem tanto quanto tempo vive, mas como vive.

Louvarei o Senhor por toda a minha vida;
cantarei louvores ao meu Deus
    enquanto eu viver.
Salmo 146.2

Pessoas que vivem numa “Zona Azul” do mundo vivem mais anos do que a média. Muito tempo mais. (Vai clicar, não vai?) O ser humano quer viver o mais tempo possível. Então, faz muita pesquisa para descobrir os segredos da longevidade. Continue lendo “Enquanto eu viver”

Caminho apertado

Mateus 7.13-14: Deus é um só, e o caminho também.

“Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram. Mateus 7.13-14

Dizia-se antigamente que todos os caminhos levavam a Roma. Como capital do império romano, o governo construiu um sistema de rodovias para poder deslocar com agilidade o seu exército. A famosa paz romana se mantinha por força. Alguns aplicaram a frase para dizer que Deus é um só, então todos os caminhos levam até Deus. Mas o Senhor não é ponto geográfico. E no âmbito espiritual a lógica é outra. Continue lendo “Caminho apertado”

A natureza da sua promessa

1 João 2.25: E quem é “ele” que faz essa promessa?

E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna. 1 João 2.25

Em todos os seus escritos, esta é a única vez que João usa a palavra “promessa”. Assim, o texto nos apresenta um interesse especial. A promessa mencionada por João serve como incentivo para os leitores permanecerem na verdade da mensagem que receberam no início. Esta fidelidade significa permanência no Filho e no Pai, isto é, relaconamento e intimidade com eles. Continue lendo “A natureza da sua promessa”

Jesus falou contra a obediência?

João 8.51: Jesus nunca deu a entender que a obediência não fosse necessária à salvação. Pelo contrário!

Há nos evangelhos algum indício da parte de Jesus que a obediência à sua palavra não faria parte do evangelho? Ao contrário, ele dá múltiplos sinais que a obediência é de fato necessária à vida eterna. Continue lendo “Jesus falou contra a obediência?”

O banido pode ser restaurado

2 Samuel 14.14: Uma grande verdade surge do meio de uma manobra de engano.

Joabe mandou que uma mulher não identificada aparecesse perante o rei Davi. Ela levou um falso pedido para lhe restaurar o único filho e protegê-lo dos que queriam matá-lo por ele ter matado o irmão dele. No final, Davi percebe quem estava por trás da jogada. Mas no meio do diálogo a mulher fala algumas palavras poderosas de sabedoria.

Que teremos que morrer um dia, é tão certo como não se pode recolher a água que se espalhou pela terra. Mas Deus não tira a vida; ao contrário, cria meios para que o banido não permaneça afastado dele.
2 Samuel 14.14 NVI

Joabe usava esta mulher para conseguir que Davi aceitasse de volta seu filho Absalão, restaurando-lhe às boas graças do rei. Então, neste versículo, na referência ao banimento e restauração, ele está falando sobre a situação do rei.

Na manobra do caso dela para a situação de Davi, estas palavras soam as mais verdadeiras.

O negócio de Deus é restaurar o homem à sua presença. Não se ignora a justiça, como o homem a deixa de lado para fazer as pazes. Pois Deus é tanto justo como justificador, como Paulo nos informaria mais tarde.

Em Cristo, porém, ele criou meios para nos trazer de volta à presença dele.

Tanta coisa não pode ser desfeita nesta vida, ó Senhor, mas em Cristo tu desfizeste as consequências dos nossos pecados. Louvado seja ao Senhor por nos restaurar por meio da Cruz!

Segure esta ideia: O banido Deus restaura, / A Cruz de Cristo é nossa aura.

 

Minha oração por você no ano novo

Uma oração, um apelo, um desejo.

Oração e salvaçãoPego emprestado, da leitura bíblica de ontem, a oração de Paulo pelos tessalonicenses, para fazer o meu pedido por você. Afinal, nenhuma palavra, nenhuma oração melhor do que uma das Escrituras:

(…) por isso que oramos continuamente por vocês, a fim de que o nosso Deus os torne dignos do chamado que lhes dirigiu, e para que ele, com seu poder, os faça realizar todo bem que desejam e dinamize o trabalho da fé que vocês têm. Desse modo, o nome do Senhor Jesus será glorificado em vocês e vocês também serão glorificados nele, conforme a graça do nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo.
—2Tessalonicenses 1.11-12

O que mais desejo por você é a sua salvação eterna. Para isso, meu amigo, minha amiga, tenha certeza de que esteja obedecendo ao Senhor em todas as coisas.

A vida eterna é o maior “bem” que podemos realizar ou, melhor, receber da parte de Deus, tanto pela duração, como pela qualidade.

Porque a vida eterna se resume no conhecimento de Deus, por meio de Jesus Cristo, João 17.3.

Não há outro caminho, além de Cristo, João 14.6. Este caminho significa obediência a ele, João 12.50. Sem fazer o que ele manda, não temos chance, Mateus 7.21.

Obedeçamos e sejamos salvos!

Pai eterno, louvado seja o teu nome, pela salvação em Cristo Jesus. Que entendamos e façamos a sua vontade.

Segure esta ideia: “Obedecer” é o nome da avenida, / Pra entrar na sua graça, na sua vida.