A natureza da sua promessa

1 João 2.25: E quem é “ele” que faz essa promessa?

E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna. 1 João 2.25

Em todos os seus escritos, esta é a única vez que João usa a palavra “promessa”. Assim, o texto nos apresenta um interesse especial. A promessa mencionada por João serve como incentivo para os leitores permanecerem na verdade da mensagem que receberam no início. Esta fidelidade significa permanência no Filho e no Pai, isto é, relaconamento e intimidade com eles. Continue lendo “A natureza da sua promessa”

Jesus falou contra a obediência?

João 8.51: Jesus nunca deu a entender que a obediência não fosse necessária à salvação. Pelo contrário!

Há nos evangelhos algum indício da parte de Jesus que a obediência à sua palavra não faria parte do evangelho? Ao contrário, ele dá múltiplos sinais que a obediência é de fato necessária à vida eterna. Continue lendo “Jesus falou contra a obediência?”

O banido pode ser restaurado

2 Samuel 14.14: Uma grande verdade surge do meio de uma manobra de engano.

Joabe mandou que uma mulher não identificada aparecesse perante o rei Davi. Ela levou um falso pedido para lhe restaurar o único filho e protegê-lo dos que queriam matá-lo por ele ter matado o irmão dele. No final, Davi percebe quem estava por trás da jogada. Mas no meio do diálogo a mulher fala algumas palavras poderosas de sabedoria.

Que teremos que morrer um dia, é tão certo como não se pode recolher a água que se espalhou pela terra. Mas Deus não tira a vida; ao contrário, cria meios para que o banido não permaneça afastado dele.
2 Samuel 14.14 NVI

Joabe usava esta mulher para conseguir que Davi aceitasse de volta seu filho Absalão, restaurando-lhe às boas graças do rei. Então, neste versículo, na referência ao banimento e restauração, ele está falando sobre a situação do rei.

Na manobra do caso dela para a situação de Davi, estas palavras soam as mais verdadeiras.

O negócio de Deus é restaurar o homem à sua presença. Não se ignora a justiça, como o homem a deixa de lado para fazer as pazes. Pois Deus é tanto justo como justificador, como Paulo nos informaria mais tarde.

Em Cristo, porém, ele criou meios para nos trazer de volta à presença dele.

Tanta coisa não pode ser desfeita nesta vida, ó Senhor, mas em Cristo tu desfizeste as consequências dos nossos pecados. Louvado seja ao Senhor por nos restaurar por meio da Cruz!

Segure esta ideia: O banido Deus restaura, / A Cruz de Cristo é nossa aura.

 

Minha oração por você no ano novo

Uma oração, um apelo, um desejo.

Oração e salvaçãoPego emprestado, da leitura bíblica de ontem, a oração de Paulo pelos tessalonicenses, para fazer o meu pedido por você. Afinal, nenhuma palavra, nenhuma oração melhor do que uma das Escrituras:

(…) por isso que oramos continuamente por vocês, a fim de que o nosso Deus os torne dignos do chamado que lhes dirigiu, e para que ele, com seu poder, os faça realizar todo bem que desejam e dinamize o trabalho da fé que vocês têm. Desse modo, o nome do Senhor Jesus será glorificado em vocês e vocês também serão glorificados nele, conforme a graça do nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo.
—2Tessalonicenses 1.11-12

O que mais desejo por você é a sua salvação eterna. Para isso, meu amigo, minha amiga, tenha certeza de que esteja obedecendo ao Senhor em todas as coisas.

A vida eterna é o maior “bem” que podemos realizar ou, melhor, receber da parte de Deus, tanto pela duração, como pela qualidade.

Porque a vida eterna se resume no conhecimento de Deus, por meio de Jesus Cristo, João 17.3.

Não há outro caminho, além de Cristo, João 14.6. Este caminho significa obediência a ele, João 12.50. Sem fazer o que ele manda, não temos chance, Mateus 7.21.

Obedeçamos e sejamos salvos!

Pai eterno, louvado seja o teu nome, pela salvação em Cristo Jesus. Que entendamos e façamos a sua vontade.

Segure esta ideia: “Obedecer” é o nome da avenida, / Pra entrar na sua graça, na sua vida.

E o índio no meio da selva que nunca ouviu o evangelho?

Saiba qual a natureza do problema.

evangelho soluçãoParte do processo de resolver um problema é identificar a natureza do mesmo. Se a identificação do problema for errada, a solução proposta não funcionará.

Aqueles que dizem que Deus salvará as pessoas que nunca ouviram o evangelho fazem do evangelho o problema. O que condena não é a falta de ouvir, mas o pecado humano.

Eu lhes disse que vocês morrerão em seus pecados. Se vocês não crerem que Eu Sou, de fato morrerão em seus pecados.
João 8.24 NVI

Jesus disse que as pessoas vão morrer em seus pecados. Isso significa que o pecado é o problema do ser humano. Sem haver a remissão (remoção) ou perdão dos pecados, não haverá a salvação, ninguém receberá a vida eterna.

Jesus não é o problema, mas sim a solução.

Como tal, cabe ao cristão falar a todos a respeito do Senhor Jesus e como crer nele.

Quem passará?

Passe por aqui, pode sim.

da morte para a vidaMarcamos as grandes passagens da vida com cerimônias solenes ou celebrações alegres. Festa de 15 anos, formatura da faculdade, casamento, bodas de ouro. São momentos importantes que merecem ser notados e celebrados. Uma passagem da vida que deve ocorrer com todos, porém, é experimentada por poucos, e isso porque recusam.

Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida.
João 5.24 NVI

As pessoas deste mundo nem reconhecem que existe a passagem da morte para a vida. Chamam práticas mortais de aproveitamento da vida. Pensam que a imoralidade e a perversidade significam ter vida. São mortos, porém, em seus pecados.

Jesus garante a passagem e a ponte. A vida é conhecer o Pai, receber dele o novo nascimento na família divina.

A ponte é a fé, palavra essa que resume toda a resposta humana à bondade do Criador. Inclui o arrependimento e a imersão na água como a divisória entre as trevas e a luz, a morte e a vida, entre a condenação e a purificação dos pecados (ver Atos 2.38).

A fé significa assumir o Senhorio de Cristo, a paternidade do Pai celestial, o fortalecimento do Espírito Santo.

A fé significa confessar a dependência total em Deus, assumir o projeto divino na terra, colocar-se à disposição do Senhor a cada momento da vida.

A fé começa e termina pelo ouvir a palavra de Jesus.

Passar numa prova, numa faculdade, não fará, no final, tanta diferença. Ter uma festa, casar-se, conseguir aquele emprego são coisas, em si, indiferentes. Mas não passar da morte para a vida acarreta sofrimento eterno, remorso inextinguível.

Você já passou da morte para a vida?

A prova

Um mestre da Lei se levantou e, querendo encontrar alguma prova contra Jesus, perguntou: –Mestre, o que devo fazer para conseguir a vida eterna?
Lucas 10.25 NTLH

A prova máxima é ter a resposta correta a essa pergunta. O mestre da lei queria prejudicar Jesus. Nosso Senhor queria abençoar o mestre da lei com a vida a respeito da qual perguntou. Continue lendo “A prova”

Pequeninos

Texto: Mateus 18

Memorize: “Se alguém fizer com que um destes pequeninos que tem fé em mim peque, será melhor para essa pessoa que ela seja jogada no mar com uma enorme pedra amarrada no pescoço”. Mateus 18.6 VFL

A vida eterna importa mais do que qualquer outra coisa na vida (verso 8). Quem faz com que outro, mais frágil espiritualmente, e mais fraco na fé, perca esta vida será responsabilizado pelo que fez e sofrerá enormes consequências.

É possível fazer tropeçar pela arrogância (versos 1-5), e, de certa forma, pela omissão (versos 10-14) que deixa de confrontar e repreender (versos 15-17). Continue lendo “Pequeninos”